Fatores determinantes das taxas de juros de um país

Uma pergunta sobre os fatores determinantes das taxas de juros de um país, formulada por uma amiga em Angola.

Na minha opinião, as taxas de juros são o instrumento mais poderoso de Política Monetária de um país e estão fortemente conectadas com o valor da moeda.
É um resultado da Oferta e Procura por capital e tem como referência a manutenção do poder de compra de um país. Com inflação alta, as taxas de juros devem ser aumentadas, para reduzir a atividade econômica e restabelecer os preços de bens e serviços dentro da economia. Com a inflação baixa, pode indicar um princípio de recessão econômica e as autoridades monetárias do país reduzem a taxa de juros para incentivarem o consumo e reativarem o crescimento econômico.
Historicamente, as taxas de juros correntes tendem a se estabelecer em duas vezes o valor da inflação. Digamos que haja 5% de inflação no ano, as taxas de juros deverão buscar o nível de 10% para repor o poder de compra da moeda e criar o interesse a poupança, em detrimento do consumo (postergar consumo, teoria das taxas de juros de Irving Fisher, NY, 1930).
Além destes fatores básicos sobre as taxas de juros, temos outros elementos importantes, a saber:

O mundo globalizado, onde o capital tem livre fluxo e as economias dos países estão interligadas pelo comércio exterior, as taxas de juros internas de uma economia tem influência direta nas taxas de câmbio. As autoridades monetárias utilizam a taxa de juros para conter inflação (aliado a um grupo de leis que permitam e flexibilizam as importações). Ao aumentar a taxa de juros, criamos uma diferença a favor ou uma redução de diferença negativa entre taxas de juros de duas moedas. Este movimento atrairá investidores externos que, ao comprar a moeda do país, estarão vendendo a outra moeda, fazendo com que a cotação da moeda nacional tenha uma valorização em relação à outra. Isso torna os produtos importados mais baratos que aqueles produzidos internamente, controlando a inflação. O Brasil utiliza este mecanismo já há algum tempo para controlar a inflação. Nos países desenvolvidos, onde há uma melhor distribuição de renda esse mecanismo afeta diretamente os preços, nos países em desenvolvimento, como Angola e o Brasil, uma parcela pequena da população detém a maior parte da riqueza. A maioria da população é insensível a estas mudanças na taxa de juros por não terem sobras de recursos para poupar. Então, a taxa de câmbio mais baixa torna os produtos importados mais acessíveis que os produzidos no país, criando concorrência e forçando os preços para baixo.

Outro fator determinante das taxas de juros de um país é o total de dívida pública emitida em relação ao tamanho da economia (PIB).
A Credibilidade do país em termos de risco, relativo aos números macro-econômicos e sobretudo a “willingness to pay”, ou seja, a intenção de pagar suas dívidas.
Depois disso, passamos para estabilidade política, leis bem estruturadas que protejam o capital.
E, ainda, a austeridade do Banco Central ou Autoridade Monetária em controlar com firmeza a expansão da Base Monetária. Controle forte sobre a emissão de moeda.

A SELIC é uma sigla, na verdade: Sistema Especial de Liquidação e Custódia – SELIC.
A Taxa SELIC diária é o resultado da média ponderada das operações registradas e custodiadas nesta câmara de liquidação, portanto, é o resultado da oferta e demanda de capital do sistema financeiro que é lastreado pelos títulos emitidos pelo Tesouro nacional do Brasil. A TAXA SELIC, é uma taxa referencial arbitrada e definida como indicador pelo COPOM, Comitê de Poliítica Monetária, composto pelos oito membros da Diretoria Colegiada do Banco Central do Brasil, com direito a voto, sendo presidido pelo presidente do BACEN, que tem voto de qualidade.
Desta forma, a SELIC é determinada pelo COPOM baseada em fatores macro-econômicos, com base central no sistema de metas de inflação.

A LIBOR, também uma sigla, London InterBank Offered Rate, é uma taxa arbitrada, obtida através de pesquisa com bancos de primeira linha do mercado Inglês, ponderada nos períodos de tempo dos preços submetidos pelos bancos pela British Bankers Association. A LIBOR é “publicada” as 11 horas da manhã, todos os dias úteis, nos meios de comunicação como a Reuters, Bloomberg, etc. A LIBOR dos prazos tem fundamento na oferta e demanda de capital naquele dia e representa a taxa de juros que um banco está “disposto” a emprestar dinheiro a outro, com risco de crédito zero (sem risco, sem spread de risco).
Em todos os empréstimos internacionais de prazos de até 1 ano, a LIBOR é a taxa usada como referência, por ter credibilidade e infalibilidade da liquidez dos mercados que ela representa pelos volumes negociados no mercado britânico. Operações de prazos superiores, em dólares americanos, superiores a 1 ano, utilizamos a taxa de tesouro nacional americano (T Bonds). Na Europa, usamos a LIBOR até um ano e Bundespapier (Tesouro Alemão) para prazos superiores a um ano, como referência para os empréstimos. O tesouro alemão é o risco zero, para o Euro.

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

2 Responses to Fatores determinantes das taxas de juros de um país

  1. Thales Pichelli says:

    Good analysis!! Straight to the point as usual!!

    Um pedido de aluno tambem: se possivel voce postar no futuro como o BACEN “pratica” a politica monetaria…embora simples, TODO mundo se confunde.

    Os jornalistas se enrolam ao explicar esta questao, que eh relativamente simples: para aumentar a SELIC, ele vende titulos no mercado para enxugar a liquidez OU para diminuir a SELIC, ele compra os mesmos titulos para jogar liquidez no mercado.

    O Sr ja deve ter isso pronto na cabeca!! hahahaha!!

    Parabens pelo blog!
    Thales

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s