E o mercado imobiliário no Brasil?

Os preços dos imóveis no Brasil continuam nominalmente altos mas o mercado já demonstra sinais de termos atingido um ponto de máxima, pelo menos pelo momento. As notícias de redução no crédito, alta nos juros e redução da procura, tornou o mercado em o que chamamos de “mercado de vendedores”. Quer dizer, os compradores começam a sumir, aumentando o número de ofertas e fazendo com que os preços anunciados abram margens para negociações. Não é um estouro de bolha, precisamos ainda de um catalizador para a bolha estourar, mas já é um sinal de que os preços devem começar a ceder.

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , . Bookmark the permalink.

4 Responses to E o mercado imobiliário no Brasil?

  1. Edmundo says:

    Bom dia a todos. Há cerca de um ano e meio escrevi um post na Infomoney, exatamente sobre este ponto. Acredito que estamos vivendo uma corrida imobiliária muito perigosa, nunca houve tanta oferta e tanta “facilidade” para a compra.
    E o que me chama mais atenção e a forma como algumas pessoas tratam Dividias X Juros X Rendimentos. Fazendo contas de que a prestação “cabe” no orçamento de hoje, mas não computam os juros e que os valores dessas prestações crescerão com juros sobre juros e o rendimento, sobe a juros simples…
    Outro ponto é a forma como as empreiteiras tratam esta dívida. Lembro-me de um empreendimento na região do Brooklin, onde fui abordado com a seguinte frase: “O Sr. não precisa comprovar renda alguma, estando quite em todo prazo da obra, seu crédito é aprovado imediatamente, sem necessidade de financiamento externo ou documentação”… detalhe, valor do empreendimento R$ 1.200.000,00.
    Um risco muito alto, ainda mais hoje que grande maioria dessas empresas estão listadas na Bovespa e tem seus ativos precificados na venda dos empreendimentos e em sua capacidade de entrega. Como lidaremos com a possibilidade de devolução dos empreendimentos por incapacidade de honrar dívidas?
    Acho que estamos criando o mesmo monstro que assombrou os E.U.A. em 2009, e se não tivermos cuidado, o nosso pode crescer muito mais rápido e fazer muito mais estragos.
    Abraços.

    • tradingcafe says:

      Oi Edmundo, sem dúvida estamos numa situação perigosa e as coisas vem se deteriorando mais e mais. O efeito “renda” e o significado de “valor” foi completamente distorcido no Brasil nos últimos 3 anos. Houve uma corrida especulativa no mercado imobiliário e isso fez com que os valores ficassem coisas “secundárias”, só números. Não estamos ainda numa situação similar àquela dos Estados Unidos pela própria insipiência do mercado. Não utilizamos ainda um efeito gigantesco de securitização de hipotecas e nem tampouco uma securitização da securitização da hipoteca, ou ainda, CDS de securitização de hipotecas. Mas, não obstante, o efeito colméia de comprar na planta e ver seu investimento dobrar sem quase por dinheiro algum é uma coisa que já está ficando na história, não é mais realidade. O que ocorre então, é um início de especuladores com uma ou várias batatas quentes na mão, tendo que se desfazer a toque de caixa dos imóveis para pagar contas. A inadimplência irá subir quando as pessoas perceberem o tamanho da encrenca das prestações infinitas… Ainda, o crédito vai ser reduzido, juros mais altos e demanda real (não a de especuladores) de pessoas que compram para morar, aí o castelo de cartas cai. Este ano ainda. Se vocês observarem os preços das cosntrutoras e incorporadoras listadas na Bovespa já vão notar que os preços andam para baixo, e para baixo. Ao meu ver, vão ainda mais para baixo.

  2. Marcos says:

    Estou com vc Edmundo!
    Apesar de querer, ainda nao fui paea um aptop “de 4 quartos”….

    Ricardo,
    Em alguma de suas aulas, comentamos algo sobre alguns fundos no EUA que estavam atrelados justamente a insolvencia. Se comentei corretamente, existe algio similar no Brasil ? Era o CDS ?
    grato,
    Marcos

    • tradingcafe says:

      Oi Marcos,
      Sim, estes fundos enão somente eles, atuam fortemente na insolvência através dos Credit Default Swaps, CDS. É o mesmo instrumento que hedge funds estão usando para “aprofundar” a crise da Grécia, Irlanda, Portugal e Espanha.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s