A União Européia e a Grécia… E o rating CCC para o país.

Ontem uma agência de rating jogou a Grécia em nível de default em sua alocação de qualificação de risco. O anúncio da iminência de quebra realmente quebra o país e a participação e a diligência destas empresas em rapidamente jogar o país na berlinda foi o destaque principal deste épico e triste cenário. Eles não são tão rápidos quando não se trata de europeus, deixando dúvidas sobre a importância e atuação imparcial que é devida nesta atividade. Todos lembramos que a AIG o Lehman Brothers eram AAA no dia em que “realmente faliram”. Os títulos da Grécia de 30 anos apresentam uma boa oportunidade, pois estão pagando quase 14% de juros e estão sendo negociados próximos de EUR 0,45 (quarenta e cinco centavos por dólar no vencimento). Os papéis de curto prazo, dois e cinco anos, negociam perto de EUR 0,70 mas pagam uma taxa de juros superior a 40% ao ano. Matematicamente a convexidade dos títulos da relação do cupom de juros com o prazo causam essa aparente discrepância e naturalmente, o problema de não pagamento pode ocorrer no curto prazo antes do longo prazo. Desta forma, pode ser uma boa oportunidade de investimento os títulos de longo prazo, pelo preço e não pelo retorno, porque mesmo que haja uma restruturação da dívida, com desconto na dívida, os títulos de longo prazo apresentam um deságio superior a 50% hoje. Se, digamos, eles consigam renegociar a dívida com desconto de 30%, o resultado do investimento pode ser superior a 70% de ganhos. Esta é uma operação para profissionais e investidores qualificados. Uma pena que chegamos neste ponto, mas devemos analisar os fatos com clareza e identificar as oportunidades de investimento. A Grécia irá se recuperar em alguns anos, mas sua população irá passar períodos de dificuldade, graças ao mau uso do capital aliado à rapidez em encontrar um bode-espiatório para tirar a atenção de outros problemas mais graves que ocorrem no planeta. A União Européia, por outro lado, deverá tentar solucionar o problema de forma a evitar uma restruturação da dívida, e isso também corrobora para um investimento nos títulos de 30 anos da Grécia.

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , . Bookmark the permalink.

6 Responses to A União Européia e a Grécia… E o rating CCC para o país.

  1. Tulio says:

    Ricardo, esse fato não pode ser o que faltava pra nossa bolsa degringolar de vez?

    • tradingcafe says:

      Oi Tulio, faz tempo uh? Vou estar nas tuas bandas esta sexta-feira e sábado. Sim, mas a Europa e os investidores já estão se movendo para evitar que isso ocorra. Todos já pereceberam os movimentos. abs

  2. simone says:

    Mas Ricardo por que vc não abre sua corretora de ações assim seria mais fácil de nos ajudar a investir dinheiro , acho que tu iria ter vários clientes ..

    bjs.

    Ah quando dará para investir na Grécia ?

    • tradingcafe says:

      Oi Simone, eu já pensei nisso sim, trabalho também com isso, mas abrir uma corretora requer muito capital… quem sabe um dia, se encontrar sócios adequados eu farei isso. valeu, obrigado, abs

  3. simone says:

    Feirão da Casa Própria movimenta R$ 10 bilhões e bate recorde, diz Caixa
    Sétima edição do evento ocorreu em 13 cidades, com a presença de mais de 457 mil visitantes
    14 de junho de 2011 | 12h 59

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia+brasil,feirao-da-casa-propria-movimenta-r-10-bilhoes-e-bate-recorde–diz-caixa,not_71470,0.htm#noticia

    SÃO PAULO – A sétima edição do Feirão Caixa da Casa Própria bateu recorde de volume de negócios, ao movimentar mais de R$ 10 bilhões, entre contratos assinados e encaminhados, segundo informou nesta terça-feira, 14, a Caixa Econômica Federal. Foi o melhor resultado desde o início do evento, em 2005. No ano passado, foram R$ 8,4 bilhões.

    O Feirão aconteceu em 13 grandes cidades brasileiras e mais de 457 mil pessoas passaram pelo evento. A última cidade foi Florianópolis que, no último domingo, encerrou o evento atingindo volume de negócios superior a R$ 400 milhões, com mais de 15 mil visitantes. São Paulo recebeu 73 mil pessoas e movimentou R$ 2,025 bilhões, de 13 a 15 de maio, e o Rio de Janeiro teve mais de 66 mil visitantes, com movimento de R$ 1,16 bilhão, de 20 a 22 do mesmo mês.

    Este ano, até a última sexta-feira, 10, a Caixa assinou no total 431.755 contratos habitacionais, somando R$ 29,15 bilhões em financiamentos. O banco registrou uma média de R$ 310,1 milhões e 5.229 contratos de financiamento ao dia, sendo que 51% das famílias beneficiadas têm renda de até 10 salários mínimos.

    De acordo com a Caixa, para imóveis novos foram destinados 56% de todo o montante contratado no período, o que corresponde a R$ 16,32 bilhões. Na nova versão do Programa Minha Casa Minha Vida, já foram realizados aproximadamente R$ 9,43 bilhões em financiamentos, destinados à construção de 128.504 novas unidades habitacionais, a maioria das moradias na faixa de renda de até 6 salários mínimos.

  4. simone says:

    bom teu sobrenome é um ótimo nome para tua futura empresa , desejo que vc abra sua corretora e que de certo mesmo…
    confio em vc .

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s