Agências de rating, constatando o óbvio, melhora no rating do Brasil

Uma agência americana “concedeu” hoje um aumento na classificação de risco Brasil, para Baa2, de Baa3… Com sempre com atraso e de forma errada, pois o Brasil hoje representa menos risco que os “antigos e famosos AAA”… O mercado age sempre à frente, dado que os spreads de risco de mercado nas cotações de dívida dos países já está ajustada para a realidade. Invertendo tendência, esta notícia trouxe a bolsa e o dólar para o lado positivo para o Brasil, porém, é apenas temporário, os fatores externos ainda vão pesar nos preços.

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , . Bookmark the permalink.

8 Responses to Agências de rating, constatando o óbvio, melhora no rating do Brasil

  1. mauricio says:

    “o Brasil hoje representa menos risco que os “antigos e famosos AAA” ”

    acredito que a demora e a timidez das empresas de rating em relação ao brasil é o seguinte: até quando? 2013? ou aguenta até a copa? sim, porque no primeiro sinal, com certeza as agencias não serão tão tímidas e morosas pra rebaixar o indice.

    • tradingcafe says:

      Oi Maurício, é verdade, na inversão dos ciclos eles serão bem rápidos para reduzir nosso rating (como sempre fizeram no passado e hoje fazem com a Europa…). abs

  2. simone says:

    Jornal ZH, RS deste Domingo, secção Dinheiro: Entrevista a Arminio Fraga “Chegou a Hora de pagar a Conta”

    Este cara (que entende bastante de economía, por sinal), fala da situação geral da economía superaquecida, e da necessidade que o governo tem de colocar o pé no freio, para a inflação não ficar descontrolada. Na sua opinião não tem outra opção… Em fim, tudo faz parte do cenario de credito farto dos ultimos anos.

  3. Daniel says:

    Ricardo,

    Com a melhora no rating do Brasil, isso significa que as taxas de juros dos títulos públicos podem cair? Ou este reflexo não é tão direto assim?

    Abcs.

    • tradingcafe says:

      Oi Daniel, o efeito é direto nos preços dos bonds internacionais, onde o Brasil representa risco, ou seja, nossa moeda não é o dólar ou o Euro, desta forma precisamos criar riqueza nestas moedas para reduzir nosso risco. Ao melhorar nosso rating, os preços dos bônus sobem e os juros que pagamos (benchmark + spread de risco) cai. Os títulos públicos em Reais no Brasil, são risco zero, ou AAA, pois nós somos o benchmark para reais. Com a alta do rating, a taxa interna não é afetada diretamente por representar uma dinâmica diferente em relação aos fatores macreconômicos, como inflação, etc. Por outro lado, o mercado financeiro trabalha com a expectativa e não com fatos. Se este aumento já era esperado, o efeito na queda dos juros externos é mínimo, se foi uma surpresa para o mercado, os preços regaem imediatamente. abs P.s. vou fazer um post disso, ok?

  4. Daniel says:

    Valeu. Um abraço!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s