Tudo muito quieto, inexplicavelmente quieto… Mercados em espiral de baixa

Tudo anda estranhamente quieto, assuntos não desejados são afastados das conversas mas, inevitável que é, nós continuamos falando… Os mercados estão descndo de degrau a cada semana, as atenções voltadas para a Europa como se tivesse uma copa do mundo de futebol acontecendo por lá. Grécia e mais Grécia nas notícias e tudo vai caindo pelo resto do mundo e parece que dependemos de notícias fresquinhas se vai ou não vai. No momento, não vai. Vamos continuar líquidos e investimentos de curto prazo em renda fixa. Proteger o capital é a regra do momento. Comprar imóveis só se for um super negócio já com desconto grande. De resto, voar baixo e esperar o silêncio acabar. Se os problemas da atualidade nas finanças internacionais fossem simples, eles já teriam resolvido. O dólar está em alta enquanto as commodities estão em baixa… Estranho, né?

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , . Bookmark the permalink.

11 Responses to Tudo muito quieto, inexplicavelmente quieto… Mercados em espiral de baixa

  1. mauricio says:

    No GEAB 56 (versão traduzida p/ pt de portugal em http://resistir.info/crise/geab_56.html ) eles alertam “pela última vez” para o choque de Outono (no hemisfério norte) de 2011, quando até o início de 2012, apostam em duro golpe no dólar e na economia americana.

    Só o que me preocupa é o hábito histórico que sempre houve de quando a bolsa de ny espirra, a bovespa pega resfriado.

    • tradingcafe says:

      E eu temo que isso não vai mudar. A Bovespa é grande o suficiente para servir de hedge para todo o mercado emergente. Aquivc pode vender a descoberto, vender a termo, vender o Ibovespa Futuro, vender calls de petro, vale e outras… Significa dizer que aqui é possível pela profundidade de mercado e pelos instrumentos disponíveis, podemos hedgear todo o resto. Vai acontecer de novo. abs

  2. Tulio says:

    Considerando a queda do petróleo ontem, eu esperava um declínio bem maior da Bovespa hoje, mas me enganei redondamente (a não ser pelas empresas do setor em si).

    • tradingcafe says:

      A Bovespa foi enganada pelo PIB americano… Ameaçou subir e voltou. Eu também achava que a Petro ía voltar mais, mas ficou em linha com a queda dos ADR ontem e a modesta recuperação de hoje. ainda assim acabou com 2 % de queda na Petro.

  3. Christiano Pena says:

    Prezado Ricardo Boa Noite,
    De acordo com sua análise e reflexão, em caso de maior baixa do índice Bovespa ainda este ano, qual suporte (pontuação) você entende que caracterizaria um início de retirada significativa do capital (externo e/ou interno)?
    Ou essa possibilidade não deve ser considerada … pode ser uma perspectiva muito pessimista?
    Obrigado pela atenção e pelas fidedignas informações e opiniões sensatas disponibilizadas no tradingcafe.
    Sds!

    • tradingcafe says:

      Oi Christiano, muito obrigado pelo comentário e pela participação. O índice Bovespa está numa posição de destaque, pela importância, relevãncia no contexto internacional e pelo seu tamanho. Desta forma,ainda que as empresas brasileiras gerem lucro, por vezes somos usados como escudo de proteção, outras vezes pelos nossos próprios defeitos. Assim sendo, os estrangeiros já vem retirando dinheiro do mercado há algum tempo, principalmente visível após a imposição do IOF para capital estrangeiro que o governo nos agraciou (…). A Bolsa estava em 71 mil pontos e veio consistentemente descendo até 61 mil, onde estamos hoje. Em análise Gráfica, 59700 pontos é o próximo destino. Isso, antes de uma crise maior que está pintando nos mercados internacionais. Veja, que não tem nada a ver com as empresas em si, e sim com mecanismos de mercado ( a não ser as empresas do setor de construção civil…). Portanto, a clareza necessária de cenários para se investir em ações não está presente no momento. Se houver uma crise de liquidez internacional, por problemas provenientes da Europa ou dos Esatdos Unidos, é fácil “fabricar” dinheiro através da bolsa para remeter para as matrizes no exterior. Basta vender a descoberto, recebe-se o dinheiro, a bolsa cai mais, você compra uma opção de compra mais em baixo, trava seu preço até a liquidez ser restabelecida e você faz uma fortuna aqui para proteger possíveis prejuízos lá eaí, quando a bolsa estiver bem barata, você recompra as ações ou exerce seu call option. E a bovespa vai para baixo forte, como vimos em 2008. Nest momento, é melhor ficar fora, com dinheiro líquido em títulos públicos de curto prazo. Se este cenário de crise acontecer, vai dar para comprar ações aqui bem baratas e fazer um grande lucro rápido, no que chamamos de “short covering” (ou cobertura de posições vendidas). Valeu Christiano, abs

      • mauricio says:

        “não tem nada a ver com as empresas em si, e sim com mecanismos de mercado ( a não ser as empresas do setor de construção civil…)”

        com a maioria das empresas do setor imobiliário caindo bem mais do que a bolsa (gafisa passando dos 30%, rossi e mrv que menos cairam passam de 10%, brasil brokers e todo resto foi junto também), eu ainda estou tentando entender o que o Arminio Fraga quis dizer que era um bom negócio investir a longo prazo nas empresas desse ramo, sendo que a perspectiva para o próximo ano não me parece muito adequada pra investir dinheiro na bolsa, mais especificamente nessas referidas empresas.

        segue o trecho:
        ZH – Já que falamos sobre investimentos, quais setores vão bombar?
        Arminio – Imobiliário, toda a área de recursos naturais, serviços e consumo. Tem de tudo aqui, é questão de escolher qual ação comprar. Não tenho receita de bolo, acho que o brasileiro precisa se voltar mais ao longo prazo porque vai acontecer, não da noite para o dia, mas a taxa de juro cairá para um nível mais normal. E aí as oportunidades poderão não ser tão boas como hoje. Uma pessoa com visão de longo prazo deve investir parte da poupança na bolsa. Se puder, investir na casa própria. Investimentos a longo prazo dão retorno maior. Com risco, claro.

        http://www.clippingexpress.com.br/ce2//?a=noticia&nv=ZWBb_k7JVDW1UTQtYgkdCA

      • tradingcafe says:

        Oi Maurício, toda vez que alguém de mercado vem com esse papo furado de “que é para longo prazo” significa que vai cair e eles não tem convicção alguma do que vai acontecer. Compraram no preço errado achando que ía subir e se deram mal. Não existe tal coisa entre profissionais… se vc diz que é para longo prazo é pq tá ruim mesmo… abs

  4. márcio karsten says:
  5. simone says:

    Bambino Ricardo , fale da diferença do consórcio e do financiamento bancário ?
    pois consórcio é em 12 anos e financiamento é em 30 anos , um não tem juros e cobra 20% de taxa de administração ?
    Qual vc acharia melhor ?

    • tradingcafe says:

      Oi Simone, os 20% podem ser considerado como juros… de 20% ao ano… Olha, é uma conta que tem que ser feita na ponta do lápis, mas a vantagem é que no consórcio não tem aquela chatice de documentação, aprovação de crédito, liberação dos valores, menos burocrático. Eu acho tanto um quanto o outro são bons, dado que ambos são ruins aqui no Brasil. Temos que avaliar as circusntâncias do financiamento que vc está prevendo fazer. Se vc tem fundo de garantia, renda garantida por salário etc, temos que ver os números de um e de outro para definir qual é o melhor. abs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s