Vive la France! Proposta inteligente para solucionar a dívida da Grécia

O presidente francês, Nicolas Sarkozy propôs uma solução inteligente, já com a aderência de 70% dos credores atuais. A idéia é retirar do mercado todos os títulos com vencimento nos próximos três anos, reempacotá-los em um novo título, um bônus de 30 anos de vencimento. Estes novos títulos já estão com garantia de 70% dos investidores atuais. isso significa dizer que a Grécia irá poder alongar sua dívida e ter prazo para respirar, poder corrigir os seus erros, seus gastos excessivos e criar potencial de pagamento futuro. Em dando certo este plano, os mercados irão se tranquilizar. Resta a saber se todos aqueles pseudo-investidores, os speculators de plantão…irão dar folga.
“Definição de speculare, in italiano: estens. cercare un utile sfruttando senza scrupoli situazioni favorevoli o debolezze altrui: s. sull’ingenuità dei clienti…”

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

7 Responses to Vive la France! Proposta inteligente para solucionar a dívida da Grécia

  1. simone says:

    eu tinha falado ontem sobre França e Alemanha as únicas capazes de arrumar esse trambolho aí….

  2. simone says:

    e outra vez vc Ricardo , perfeitamente no italiano ….

  3. simone says:

    simone says:
    June 26, 2011 at 4:03 pm
    Parece que a Alemanha e a França são os únicos que podem salvar a Europa ….

  4. srusten says:

    Ricardo,
    Desde 2002 estão falando em recessão “double dip” nos EUA.
    Será que vai acontecer agora?
    Você pode comentar as duas notícias abaixo?

    Setembro de 2002:
    http://www.estadao.com.br/arquivo/economia/2002/not20020909p37233.htm

    Junho de 2011:
    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/patriciacamposmello/934220-eua-e-a-decada-perdida-japonesa-o-perigo-de-cortar-o-remedio-fiscal.shtml

    Obrigado.

    Sandro Rusten.

    • tradingcafe says:

      Oi Sandro, benvindo! Sem dúvida posso comentar. Os padrões e valores de 2002 estavam afetados diretamente pelo estouro da bolha da Internet e em seguida, os escândalos das empresas e das empresas de auditoria (… que não auditavam nada). O mercado estava assustado e normalmente inflado artificialmente pelo canto das sereias ( analistas) que julgam que tduo por lá vale mais do no resto do mundo. A Verdade é uma só, quando se fala de empresas: fluxo de caixa, geração de capital. Estamos de novo no mesmo ponto, as empresas estão super avaliadas, como o facebook por exemplo. Nos dias de hoje, os problemas são os mesmos, com a diferença que eles (o governo) está num beco sem saída a exemplo do Japão. Eu escrevi um post sobre isso algum tempo atrás, está em inglês, a política econômica de taxas de juros baixas só tem efeito para prazos curtos. A exmplo do Japão, os americanos estão mantendo as taxas baixas por muito tempo. Porém, aí entra a diferença entre eles: os EUA não podem aumentar as taxas de juros porque aumentarâo ainda mais sua dívida para pagamento dos juros… No Japão, as taxas de inflação são baixas. Nos EUA a inflação está em 3,3% ao ano enquanto a taxa de juros corrente de curto prazoi está em 0,25%… A situação do double-dip… Do jeito que está a situação eu vejo sim isto ocorrendo, com um dip duplo de tamanho. Os economistas (com exceção de eu mesmo) adoram botar estes nome s elegantes nos movimentos, como double-dip, soft-landing, hard-landing, etc. Não existem tais coisas. A economia, de qualquer tamanho, tem seu tempo de reação aos remédios. Os remédios que eles estão usando não solucionam os problemas porque os problemas não foram atacados de verdade. Eles não podem substituir importações por produtos nacionais (como fizeram nos anos 60 e 70, “buy american”) pq eles não tem mais indústrias… O déficit da balança comercial é de USD 50bi por mês. A dúvida é maior que o PIB hoje e eles estão tentando aumentar o teto. O desemprego está aumentando, a inadimplência também. Eles representam um grande risco de investimento e estão classificados como AAA… Basicamente, eles não tem como reverter a situação no curto prazo e não tem reservas para fazer isso, daí a impressão de dólares para pagar contas. isto é inflacionário e desastroso. Eles nunca estiveram numa situação tão ruim e deve ainda ficar pior, com vários dips até o fim desta crise, que ainda nem começou… abs

  5. simone says:

    que análise perfeita Ricardo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s