Nada de novo, tudo de novo… Uma mensagem firme assegura o mercado

Enfim, a Europa entendeu o que era preciso, dar uma mensagem firme de segurança ao mercado. A Grécia é um país membro da União Européia, vamos dar todo o suporte necessário para solucionar os problemas de liquidez. Essa foi a mensagem do presidente francês, Monsieur Sarkozy ao mercado. Por hoje, foi suficiente para fazer os mercados decolarem, os bancos franceses subiram mais de 6% no dia, as bolsas ao redor do mundo ecoaram e regairam com altas expressivas. Vai funcionar? Sim, eles vão fazer funcionar por que p risco para a França, para a Alemanha e todos os outros países é muito maior deixando a Grécia à mingua do que resolver o problema, é mais barato em fim de contas. A mensagem subliminar é: O EURO está aqui para ficar, prezados euro-céticos. Desta forma, o euro sobe… Um dia de tranquilidade e paz. Porém, os especuladores ainda estão no jogo, esta mensagem de hoje fez gente perder dinheiro, os que estão vendidos em ativos (ações, índices e bônus) e os que estão comprados em CDS. Vai arder estas posições. Isso irá gerar uma avalanche de posições de zeragem para cortar prejuízos e fazer os mercados subirem razoavelmente… Abrindo espaço para novas posições vendidas se nada de efetivo ocorrer. Falar firme é essencial, fazer o que promete é crucial. Apesar das altas e das boas notícias, neste pingue-pongue das autoridades contra os especuladores, a bolinha acaba de bater rápida na mesa dos especuladores. Eles irão ceder o ponto? Por uns dias talvez, mas o jogo está no meio. Do lado oeste do Atlântico, os republicanos vão dificultar até o último minuto, é o jogo político, quer dizer, no dia 1 de agosto… Mas, tudo isto resolve problemas que causaram esta situação? Não. As regulamentações, por vezes até excessivas no Brsail, foram a causa da nossa sólida passagem pela crise. Lá fora, as desregulamentações causaram esse caos e nada foi mudado. É como o filho do milionário que não sabe fazer nada, não trabalha, só apronta e sabe que o pai vai segurar a barra, dar dinheiro para encobrir suas manobras mal-feitas. A situação é essa, os governos estão dando dinheiro apenas, não estão mudando ou corrigindo os erros. Fazem burrada, alguém vem para o resgate com dinheiro público. Fácil, extremamente fácil. Et voilà… Mercados em alta. Nada de novo, tudo de novo.

This entry was posted in Mundo estranho. Bookmark the permalink.

7 Responses to Nada de novo, tudo de novo… Uma mensagem firme assegura o mercado

  1. Fabeni says:

    Ricardo, diante deste novo cenário, Os amercianos fazendo mais dinheiro para não dar calote, a Europa ajudando a Grécia e tendo em vista o que vc falou sobre os erros aindam persistem, o que fazer, comprar ou ficar fora da bolsa?

    • tradingcafe says:

      Oi Marcelo, estes movimentos são bons para opereções de curto prazo, quem estiver olhando a bolsa em tempo integral, para poder entrar e sair com rapidez. Porém, se a tendência se estabelecer, precisamos de mais consolidação para podermos entrar com segurança do ciclo de alta. Eu esperaria ainda um pouco para posições de prazos longos, de investimento. Os juros no Brasil ainda vão subir, julho e agosto tem menos liquidez, o mercado fica suscetível a guinadas fortes. Vamos esperar mais definição da América para entrar com força. Abs

  2. Tulio says:

    Tem alguma coisa muito errada na Bovespa. Pelo segundo dia seguido temos entre as maiores altas as empresas de negociação e construção de imóveis…

    • tradingcafe says:

      O Goldman Sachs recomendou compra da Gafisa… e o “mercado” leu que o ciclo de altas acabou… porque faltou uma frase “por tempo suficientementre prolongado” no comunicado do COPOM… para daytrading está ótimo… tem gente ganhando dinheiro… cuidado porém… abs Tulio

  3. roberval says:

    Ricardo ,parabéns pelo seu blog.Sou a favor do pensamento” fora da caixa”,o qual vc representa perfeitamente.Concordo com vc em ficar liquido nesse momento.Atualmemte,por acreditar na ‘bolha imobiliaria-crédito”protelei a compra do meu apto.Mantenho o valor de um bom apto em renda fixa.O rendimento bruto equivale 3x o aluguel do imovel que gostaria de comprar.Gostaria de uma opinão isenta( nunca conseguirei no meu banco ou corretorra) sobre proteçao para uma eventual maxidesvalorização do real.O que vc acha dos fundos cambiais,fundos de capital protegido ou o velho ouro.Não pretendo viver de aluguel para sempre,entretanto tenho certeza de não ser o momento para uma compra.Tenho recomendado seu blogs para todas as pessoas que tenho consideração , as outras eu aconselho revistas semanais ou cadernos de imoveis de grandes jornais e portais rsrsrs…
    Abraço .

    • tradingcafe says:

      Oi Roberval, muito benvindo e obrigado pelos comentários. Parabéns pela sua decisão “corajosa” porque a maioria de nós em geral fica com medo de seguir o pensamento livre e vencer o “medo” de “não ser dono do imóvel que mora… a qualquer preço…!” Eles contam com esse medo para alimentar essa espiral altista de preços… Bem, essa questão de uma maxi-desvalorização é mais complexa, porque ainda que seja possível, pelo diferencial de preços internos com os externos nós estamos prontos apara uma maxi. Porém, a macro-economia e as taxas de juros dos dois países estão com uma distância multi-quilométrica entre si. Quero dizer, o dólar não tem fôlego macro-econômico hoje para ocasionar uma maxi- valorização contra nenhuma moeda, muito menos contra o real. Porém, se uma crise como a que imaginamos que está se configurando por lá acontecer, teremos no momento “zero” uma corrida para cobertura de contas por lá, isso deve dar um impulso de maxi- valorização do dólar. Mas, na sequência, tudo deverá voltar a realidade. O dólar deverá cair de novo forte. Todavia, os erros da nossa economia são estruturais e vem do governo, também não deverá viver para sempre e podemos ter sim uma eventual desvalorização do real. Diante deste cenário confuso, você tem razão em desejar se proteger. Os fundos cambiais são uma boa alternativa em tempos normais. Em tempos de crise eles são péssimos, porque ainda que sejam denominados em dólar, eles investem o capital do fundo em títulos que perdem valor nominal por causa do risco aumentado e assim, o dólar protege mas o valor dos ativos se corrói e os investidores perdem dinheiro. O ouro é excelente para proteção de capital, mas assim que as coisas voltam ao normal, a queda do valor é muito rápida. Fundos de capital protegido não te asseguram nada além do capital protegido. Se o mercado cair, o dinheiro perde poder de compra e o capital que vc tem não irá comprar a mesma coisa que compra hoje. Então o que fazer? As melhores alternativas de hedge são os títulos do tesouro nacional com taxas pós-fixadas de curto prazo, porque se houver uma crise haverá fuga de capitais e o governo irá inevitavelmente aumentar os juros para proteger a economia do país. Se vc estiver no pós e no curto prazo, vc terá acesso ao dinheiro para poder se reposicionar. A bolsa irá cair muito e os imóveis também. Vc poderá então optar por comprar blue-chips por preços baixos na bolsa e capturar a alta súbita de cobertura de posições-vendidas ou mesmo dar liquidez para alguém, comprando o imóvel dele. E, se nada disso acontecer, você está investido em taxas de juros altas e de curto prazo e absorve os ganhos provenientes deste investimento. Abs

      • mauricio says:

        imagino também que em algum momento do futuro próximo, haverá sim uma forte saída de todos os dólares que vieram passar férias no brasil, ocasionando uma alta absurda e brusca, e posteriormente, a sua desvalorização, já que o bernanke está ocupadíssimo imprimindo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s