Mercado imobiliário, recuo nos números das incorporadoras/construtoras

Os resulatdos das empresas começam a ser divulgados e os números não são bons. Gafisa, Rossi e Cyrela lideram as quedas do Ibovespa.

RSID3 10,54 -7,14%
GFSA3 6,86 -6,67%
CYRE3 13,71 -6,48%

A bolsa está no zero-a-zero neste momento.

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

9 Responses to Mercado imobiliário, recuo nos números das incorporadoras/construtoras

  1. Paulo Cordeiro says:

    Ricardo, eu descobri o seu blog procurando sobre Bolha Imobiliária.Vejo muitas críticas,falando que não existe bolha no Brasil, que o crédito representa apenas não sei quantos % do PIB,que nosso sistema não tem nada a ver com USA.Os países são diferentes, as bolhas são diferentes.Preço de imóvel está na nuvens, e existe no Brasil é uma bolha de crédito no geral.Brasileiro não ganha tanto assim para pagar tudo tão caro.Nosso custo de vida está igual ou mais caro do que na Europa.É só uma questão de raciocínio lógico: os lucros das construtoras não vão ser igual em 2009 e 2010.A não ser que haja uma política para o setor, com diminuição de juros, etc.Por outro lado as siderúrgicas se destacaram hoje.Será que essa alta é sustentável ou é só especulação? Será que nossa chefe está com medidas para proteger nossa siderurgia? O que vc acha?

    • tradingcafe says:

      Oi Paulo, para mim existe bolha imobiliária no Brasil. Os preços subiram primeiro po causa do medo da crise de 2008, as pessoas fugiram de ativos de risco e partiram para ativos reais. Depois, a Selic caiu para 8,75% e puxou dinheiro para a poupança, forçando o aumento no crédito por que é um setor que puxa a economia. Depois virou loucura e bolha, os bancps começaram a emitir LCI’s para se livrarem do risco, tem consignado até de cartão de crédito… E eles tem razão em dizer que aqui é diferente, é uma bolha tropical… Eu creio que nãoé sustentável,não por causa das siderúrgicas, mas por causa do mercado como um todo. abs

  2. simone says:

    olha a bolha……agora só falta a fusão entre as empresas pra seguram o tombo ….

  3. H.F. says:

    Concordo com a bolha existente no mercado imobiliário brasileiro…e o sintoma realmente está na própria percepção de irrealidade nos preços. Aqui no Rio de Janeiro por exemplo, se ouve valores absurdos para imóveis que definitivamente não valem o que estão sendo vendidos e anunciados. Agora, essa correção do mercado com os ativos do setor imobiliário vai dizer bem o tempo que vai demorar para estourar esta bolha.

    Em um outro sentido agora Ricardo, você acha que tem setores (papéis) que já chegaram no seu patamar de baixa? Existem papéis que estão com a cotação a níveis da crise de 2008. Se esta crise não é tão forte como aquela, é a hora de investir? Você concorda? E quais setores seriam esses?

    Um abraço!

    • tradingcafe says:

      Oi Hermes, bom dia, várias ações estão compreços ótimos para investirmos, estão baratas e muitas comos preços de 2008. O que eu vejo do meu prisma, é que esta crise será maior que a de 2008… Ela é fim de ciclo, mudança de paradigmas, fim de era de uma potência econômica tipo aquelas que vão para o livro de história “a queda do império…”. Se observarmos bem, está todo mundo perdido em termos de alocações de recursos, procurando onde colocar o dinheiro a nível global. Era fácil antes, deu problema? corre pro dólar… Hoje, não. Corre pra onde? Estamos discutindo na gestão de portfolios, títulos da Suécia, Nova Zelândia, Austrália, Brasil, China, Aústria, Cingapura… Por isso, acho que os preços estão bom para comprar aqui na bolsa paulista mas vão ficar melhores ainda… Eu gosto das ações do Banco do Brasil e do Bradesco, setor bancário, abaixo de R$ 20 reais para o BB e abixo de R$ 25 para o Bradesco. A Petro teve a mínima de R$ 15,90 em 2008, agora, ela teve o aumento de capital bizarro, abaixo de R$ 15 será boa compra. Devemos olhar empresas sólidas com geração de caixa, portanto, as elétricas podem ficar atraentes também. A crise atual está sendo disfarçada porque todos sabem que essa é “the mother of all storms” dos tempos modernos, estamos protelando,tentando fingir que ela não está aí… mas está e vai ficar feio. abs

  4. Paulo Cordeiro says:

    Olá Ricardo!
    Vc conhece um historiador financista chamado Niall Fergunson?
    Vi uma entrevista dela bem interessante.
    Ele fala que “por agora investiria em commodities” Mas alerta que a inflação na China pode ser bem preocupante.Como a Vale ficaria nessa história toda? Quais os reflexos de uma inflação mais alta na China na nossa economia? Menos crescimento na China, menos demanda por commodities? É interessante a entrevista dele, e mostra que realmente o poder nas próximas décadas estará na Ásia.Eles estão investindo pesado em educação, trabalho,infra-estrutura.E o Brazil parece que vai perder um pouco o fio da meada, pois temos investido muito pouco em educação,cursos profissionalizantes e infra-estrutura.Se continuar assim estamos longe de sermos um mercado mais autônomo, e sempre dependente dos outros.Com um mercado ávido por consumo e com muitos potenciais, pouco foi feito do meu ponto de vista nas duas últimas décadas. Temos visto é uma aumento desenfreado no consumo irresponsável, e em termos de educação muito curso superior foi aberto, e muita gente na faculdade, mas a qualidade está péssima.Pra não esquecer o ensino básico, que é uma lástima.Vamos ver se o Gigante adormecido e bonito por natureza vai acordar a tempo, e não perder mais uma vez o fio da meada.

    • tradingcafe says:

      Oi Paulo, sim conheço ele. Eu acho que as pessoas ainda não acordaram, seja o Niall, ou seja a nossa educação na mão dos governantes… Estamos diante de mudanças de conceitos, a análise do estilo antigo deve ser reconsiderada tanto para mercado quanto para o ensino. O problea do Brasil em educação não é na faculdade, é na base de como o sistema “nos ensina” da qual um professor faz parte. Uma vez em um jantar, um professor de gabarito de uma das maiores univesrdidades do Brasil estava falando sobre como os aulnos são burros, inaptos e incapazes e blá, blá blá… Esperei ele terminar de se gabar e disse: “A culpa é tua e de toda classe de professores do Brasil”… Se os alunos são tudo o que ele falou, é porque os professores contribuiram para isso, ao não mudarmos nossos métodos. Não “ensinamos” nada no Brasil, repetimos métodos de memorização por repetição arcaicos, que formam “profissionais de mercado” mas não forma pessoas. Não forma pensadores, forma funcionários que vivem cada um no seu micro-universo, reclamando da empresa, do chefe, de um “chato-que-pega-no-meu-pé no escritório”. No Brasil, nos movemos por “metas”, estabelecidas pelo empregador, pelo professor, pelo país… metas absurdas que são criadas para não atingirmos nada, e, permanentemente ficamos em processo de depressão, stresse, auto-pena e com complexo de inferioridade, não nos sentimos adequados… Os professores tem que mudar, não os alunos, porque os alunos já mudaram… Sobre a Vale… A China vai comprar toda a commodity disponível no mercado até o fim… depois vai quebrar todas as empresas do mundo… Eu discordo do Niall nisso, não dá para avaliarmso o que a China fará, não sabemos quais são os planos deles e não tem como avaliarmos eles pelo nosso método. O Brasil é tudo e tem tudo, temos que mudar a maneira que cuidamos do nosso país, porque é tudo mas está feio pora qui… A China é um país que tem dono, e o dono cuida, faz planos… O Brasil… abs meu amigo.

  5. simone says:

    do gazeta:

    o dinheiro dos compulsórios – R$ 416,79 bilhões – poderá ser liberado pelo BC para garantir crédito no mercado interno e oferta de recursos em reais na economia, caso os bancos se retraiam e parem de emprestar dinheiro entre si e para os clientes. Já os dólares das reservas (US$ 350,9 bilhões ou cerca R$ 570 bilhões, ao câmbio de hoje) podem garantir leilões de linha de crédito para manutenção das operações de comércio internacional, como foi feito pelo BC em 2008, e evitar desvalorização do real.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s