COPOM corta os SELIC para 12%… Quem manda aqui afinal? O Mercado

Desde que assumiu a presidência do banco central junto com o início do governo da presidente Dilma, ele já mexeu na SELIC mais vezes que o presidente do Banco Central Europeu mexeu nas taxas básicas da economia européia, em oito anos… Dentro do regime de metas de inflação, como o próprio nome já diz, a inflação é o ponto chave. A inflação já cedeu? Último que ouvi, estava chegando perto de 8% nos últimos 12 meses. Mas a atual administração do Bacen, com uma aparente falta de opinião, obedece o que dita o mercado e o governo. A taxa de juros referencial é o mais poderoso instrumento de política monetária e baliza todos os eventos econômicos financeiros de uma economia. Não é um brinquedo que você põe e tira a cada mês, ela tem uma dinâmica de resposta na economia real com um atraso temporal, leva um tempo para agir. As taxas de juros correntes, resultantes da oferta e demanda de capital no sistema financeiro através das transações em títulos, tem a função de serem ajustadas conforme a oferta e demanda de capital e se movimentam ao longo do tempo ao redor da taxa meta, que é a SELIC. Este novo comando do BACEN parece ter medo do mercado, atuando para satisfazê-lo, mexendo na SELIC o tempo todo, sem dar espaço para a dinâmica temporal da função desta taxa balizadora. Há apenas um mês atrás, o discurso era que a economia brasileira estava correndo o risco de super aquecer, significa alta na inflação. Um mês depois, eles adotam uma medida de fomento do crescimento, ou seja, inflacionária. As commodities caíram um pouco no exterior mas os gênios daqui já anunciaram um potencial aumento do salário mínimo de 12,5% (Crescimento do PIB + Inflação)… Oooops. Inflacionário de novo. Muito prematura esta medida e denota claramente as decisões sendo tomadas para atender o mercado, nada a ver com a função da autoridade monetária, que deve ser independente, e tampouco com a própria função das taxas de juros referenciais. Além disso, subiu em conta-gôtas, de 0,25 em 0,25%, de repente corta 0,5%. Mas ninguém foi pego de surpresa no mercado, podemos ter certeza disso. Uma decisão errada, midiática e política. Não gostei. Essa decisão terá impacto e objetivo de fomentar o mercado imobiliário e a bolsa de valores. Aí tem…

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , , . Bookmark the permalink.

9 Responses to COPOM corta os SELIC para 12%… Quem manda aqui afinal? O Mercado

  1. Paulo Cordeiro says:

    E agora Ricardo, como vc acha que nosso Ibovespa vai reagir? Rumo aos 70 mil? E essas medidas da Europa acha que vai ter algum resultado? Ou teremos ainda um setembro negro?
    Abs

    • tradingcafe says:

      oi Paulo, o Ibovespa já estava tendo uma reação positiva porque os juros estavam caindo no mercado, agora, como foi uma “surpresa” este aumento, a bovespa deverá ter uma reação positiva. Lembrando que a bovespa segue o humor externo… Setembro trará surpresas…

  2. Marcos says:

    Não esperava corte. Muito menos de 0,5% aa.
    Pode ser que o dólar suba com esta queda?

  3. Felipe says:

    é amigão, vamos dar as mãos para que o mundo termine em 2012 mesmo.
    Será que querem dar aquela última soprada na bolha antes dela estourar?

  4. O corte na SELIC não é por o governo ter descoberto que segurou muito a corda esse ano? E pelo mês de setembro que foi fraco no geral ? Agora queria saber o que adianta baixar por 2 ou 3 meses e subir novamente? A tendência e baixar mais ainda ?

  5. simone says:

    não adianta baixar se o povo não consegue poupar sem poupar não se financia casa nenhuma ?

    em educação , segurança , saúde não tem nenhum investimento ….

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s