Mr. Obama propôe solução para cortar deficit americano: imposto Robin Hood/2

O imposto Robin Hood dividido por 2, pela metade, é a proposta efetuada pelo presidente Obama, visa efetuar uma redução de USD 3 tri através do aumento de impostos que irá incidir somente sobre “os ricos”, mas não irá beneficiar os pobres (em oposição ao Robin Hood). Os republicanos já anunciaram, ironizando o projeto, que isto é incabível e não passa de uma manobra política. Está começando a esquentar.

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , . Bookmark the permalink.

6 Responses to Mr. Obama propôe solução para cortar deficit americano: imposto Robin Hood/2

  1. simone says:

    está na hora de comprar o dólar ?

    • tradingcafe says:

      Oi Simone, quanto tempo, huh? O dólar vai subir mais, mas não porque vale alguma coisa… A não ser que tenhamos um passivo, uma dívida em dólares, que teríamos que comprar para hedgear o risco, eu acho arriscado comprar agora porque os motivos da alta não é por busca de segurança e sim para cobertura de contas… Quero dizer que vai subir forte e vai cair forte… abs

  2. Zão says:

    Acho que o Obama tá começando a desesperar. Ele deveria internalizar que não existe saída fácil, e fazer logo ALGO de efetivo. O remédio, seja qual for, será amargo. Ele ainda está tentando curar uma doença grave com remédio docinho.

  3. Zão says:

    Ricardo, uma dúvida que de vez em quando me ocorre, mas que não tenho meios de elucidar: como a população européia e norte-americana está encarando toda essa crise e a falta de soluções para ela? O cidadão médio brasileiro está meio distante disso, mas os cidadãos de lá estão no olho do furação. Como essas populações estão vendo isso? Opinião pública ainda tem seu peso…

    • tradingcafe says:

      Oi Zão, as pessoas estão preocupadas, sem dúvida. Na Europa, os países mais afetados como a Grécia, a situação é percebida como grave pela população porque está evidente que o maior gasto do governo e que deverá ser cortado, é de salários e aposentadorias (representa 75% do orçamento do país). Na Itália, quem não está recebendo dinheiro diretamente do governo está muito preocupado, as coisas estão caindo de valor, está barato para nós brasileiros visitarmos. Quem é autônomo está muito preocupado. Os restaurantes estão mais baratos e não estão cheios e isso dá uma visão clara da preocupação geral. O governo arrecada menos e causa mais transtornos para o todo. Na França, os problemas são menos graves ou aparentes, existe uma garantia de emprego e para mandar alguém embora, aiaiai, é difícil e oneroso. Na Inglaterra, que finge que não é na Europa e portanto o problema não é lá… está com um desemprego alto e a situação é grave. Agora, nos Estados Unidos… Se vc vai para New Yorlk, tudo parece bem, porque é forrada de estrangeiros… O resto dos Estados Unidos, bem, eles estão com um desemprego super elevado, maior que os números oficiais, estão super endividados e os bancos estão cortando os limites de crédito ára as pessoas e para os cartões de crédito das pessoas. Porém, o americano tem uma percepção diferente do mundo, eles estão na “América” e isso lhes confere uma medalha de ouro no peito… Eles acreditam que o problema é na Europa… Aqui no blog, um amigo enviou uma reportagem da tv onde o Robert Kyosaki, aqule cara do pai rico, pai pobre fala sobre a crise… dá medo! Valeu, Zão, obrigado amigo. abs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s