Dia de corte de SELIC, o governo dá sua mãozinha a escalada dos preços dos imóveis

Aqui no Brasil, falar de política monetária, ou de política mesmo, é uma piada. O Bacen tem reunião de COPOM hoje, e… vai cortar juros, 50 pontos-base e vai trazer a taxa SELIC para 10,5%, sem novidade, sem-graça, óbvio e sem criatividade ou objetividade. Um exercício maquinal, premeditado. Sobe de 0,5 em 0,5 e desce de 0,5 em 0,5. Um país onde a distribuição de renda é tão ruim, o patamar de taxas é tão alto, que não faz diferença. O consumo independe da taxa de juros corrente por aqui. Ah, mas para que abaixar ou subir a taxa de juros? A SELIC acima de 10% ao ano debilita a bolsa de valores… Porque a maioria das empresas não gera isso de lucro… A SELIC abaixo de 10% fomenta a poupança, que fomenta a venda de imóveis, que fomenta os preços em espiral de alta e facilita a vida de alguns… lembrando, a distribuição de renda neste país é pífia e só aumentou a disparidade desde 2002. E mais, quantos de vocês gostariam de “gastar” R$ 13,7 bilhões em uma no sem ter que explicar nada para ninguém? Deus, sem dúvida é brasileiro ou comprou uma casa de veraneio por aqui. É a única explicação “plausível” que encontro para tamanho deboche, tamanho custo governamental e este país ainda consegue crescer… Já ía me esquecendo… A taxa de juros, tem como um importante função, balizar oferta e demanda de capital. Visa, a restituição do poder de compra da moeda e auxilia na oferta e demanda de mão-de-obra, atarvés do aumento ou redução de consumo. Tem como principal referência, a inflação. Tende a restituir um “juros” real, pela perda do poder de compra que a inflação acarreta. Por que mesmo o Brasil vai cortar juros?

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

4 Responses to Dia de corte de SELIC, o governo dá sua mãozinha a escalada dos preços dos imóveis

  1. ob says:

    Por que mesmo o Brasil vai cortar juros?

    Excelente pergunta. Porém, é o tipo de questionamento para o qual ninguem do governo vá se prontificar a responder, apesar de ser obvio.

    Excelente materia.

  2. Bruno Valente says:

    Eu acho que a queda de juros na verdade, desestimula a poupança. Os juros são ao mesmo tempo uma punição ao consumo, pois encarece o preço dos financiamentos e até dos produtos, e um incentivo à poupança pois remunera melhor os investimentos. O Brasil tem taxas de juros altas exatamente porque há um viés muito maior do país a gastar do que poupar, e pra piorar a situação o governo absorve uma grande parte da baixa poupança interna que o país consegue gerar.

    O que precisamos é melhorar a educação financeira no Brasil. É incrivel como as pessoas desconhecem o valor do dinheiro. As pessoas confundem financiamento com investimento, quando compram um imóvel por exemplo. Pagam juros abusivos e preços escorchantes num apartamento pequeno e mal localizado achando que estão investindo e acumulando patrimônio. Pagam mais caro em tudo, principalmente em itens de status, ao invés de procurarem seus direitos e pechincharem preços. Não vejo solução para isso no curto prazo. A política monetária tupiniquim, por um longo tempo, vai se resumir ao dilema juro alto vs inflação alta.

    • tradingcafe says:

      Oi Bruno, benvindo. Sim, você tem absoluta razão em tocar no assunto da educação financeira. É justamente esse o foco central do nosso problema aqui no Brasil. O que faço referência sobre incentivar a poupança não é relativo ao acumular recursos através do ato de poupar, mas sim, da caderneta de poupança mesmo, e, isso é para as pessoas que tem dinheiro para optar entre um investimento e outro. Ao cair a Selic, se descontamos o imposto de renda, a taxa de corretagem, os custos das operações, o iof, a custódia, a taxa de administração (fundos de renda fixa), teremos um retorno inferior ao pago pelo poupança. Assim, mais fundos irão ser desviados de outros investimentos para a caderneta de poupança. Por estatuto, a caderneta de poupança tem que alocar 60% de todos os recursos que recebe devem ser destinados aos financiamentos imobiliários. Assim, com a SELIC em queda, teremos uma forcinha para alimentar os preços já altos dos imóveis pela abundância de recursos que virão com taxas de juros mais baixas. Valeu, obrigado pelo comentário, abs amigo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s