Banco Mundial chama europeus de “vagabundos”, “eles trabalham pouco”… Golpe abaixo da cintura

Golpe abaixo da Cintura… Agora vindo do Banco Mundial. A instituição soltou um relatório dizendo que o problema dos europeus é que eles trabalham pouco. Todas as conquistas sociais que a Europa apresenta, onde o povo adquiriu direitos e a economia conquistou avanços tecnológicos que facilitam a produtividade foram jogados por terra na opinião deles. O que eles pretendem, retornar ao que o resto do mundo faz com seus empregados, longas horas, baixos salários, escravidão? O exemplo dado pela Europa deveria ser seguido pelo resto do mundo e não atacado como está sendo agora. Mais um golpe para debilitar o já camabaleante estado econômico da região. Já não bastava a sequência desencadeada pelas agências de ratings, agora também o banco mundial. Uma piada.

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , . Bookmark the permalink.

5 Responses to Banco Mundial chama europeus de “vagabundos”, “eles trabalham pouco”… Golpe abaixo da cintura

  1. Anonymous says:

    Sou obriago a concordar com o Banco Mundial. Já morei nos EUA e atualmente moro na Alemanha. Um grande choque foi descobrir que a Alemanha torna-se um país fantasma aos domingos. Quase tudo fecha, incluindo lojas, supermercados, shopping centers e até mesmo farmácias. As lojas de conveniência ficam abertas em alguns postos de gasolina. A única loja com a qual voce pode contar que estará aberta é justamente o McDonalds. Não é por acaso que é de origem AMERICANA!

  2. J.R. Vensan says:

    Colocando lenha na fogueira entre o estado de bem-estar social europeu e a “lógica protestante do capitalismo” que, pelo menos aparentemente, é vigente nos EUA, saiu estes dias um artigo interessante no NY Times justamente sobre isso. Só que o buraco é mais embaixo… ou melhor, mais para o oriente!

    http://www.nytimes.com/2012/01/22/business/apple-america-and-a-squeezed-middle-class.html?pagewanted=all

    Abraços
    JR

  3. mauricio says:

    como dizem, eu trabalho pra viver, não vivo pra trabalhar

    confesso que alguns dias de janeiro e dezembro, dado o calor daqui, dá muita vontade de começar as 15:30 após uma boa cesta ao invés das 13:30

  4. Gianluca says:

    Mas é isso ai, viva ao bem estar social !!
    Imaginem só, a vida é única, a vida é uma oportunidade só, pra que vamos nos matar 12 horas ou mais por dia, sábados e domingos e feriados pra fazer dinheiro, a vida é muito mais do que isso.

  5. Walter says:

    Ricardo,
    Como você vê o futuro da política de bem estar social européia? Acho que teremos uma boa idéia observando o Japão nos próximos anos (ainda que a estrutura do mercado de trabalho seja bem diferente), que implementou uma política de bem estar social no pós-guerra que deu certo até demais. A população está encolhendo e envelhecendo e as decisões que os japoneses tomarão em relação às políticas sociais, tenham efeitos benéficos ou ruims, podem até ajudar a orientar o que devemos fazer aqui.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s