Inadimplência alta, aluguéis em alta, imóveis começam a cair…

Conversando com várias pessoas, algumas inclusive do setor imobiliário pude constatar que os preços dos imóveis já demonstram um pico, uma exaustão do movimento de alta exacerbada que vimos nos últimos tempos. A inadimplência começa a pesar também. Muitas pessoas estão vendendo seus imóveis e passando a morar de aluguel (como bons brasileiros, ainda tem muita gente que tem “vergonha” de falar que mora em imóvel alugado… Esse tipo de movimento, ao contrário, denota uma maturação da população no quesito da administração das finanças pessoais). Os preços dos aluguéis vem subindo pela maior procura do momento, indicando claramente uma exaustão do apetite em comprar. Podemos estar diante da virada.

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , . Bookmark the permalink.

13 Responses to Inadimplência alta, aluguéis em alta, imóveis começam a cair…

  1. Andre Luiz says:

    Ricardo,

    Um corretor conhecido está saindo de uma grande imobiliária porque ela trabalha com meta de imóveis que entram no portfólio e não que saem. Aí a tática dela é convencer os vendedores que seus imóveis valem uma fortuna para entregá-los a ela.

    Só que isso trava as vendas, porque as pessoas não estão comprando mais. Aí ele que só ganha comissão se vender tá saindo para trabalhar por conta própria.

    • tradingcafe says:

      Oi André, ontem conversei com um amigo, também corretor que fez o mesmo movimento. Ele diz que vendeu o último imóvel em novembro e que tem apenas conseguido fechar locações desde então. Acredito que em breve ficará mais claro que os preços nominais vão cair mais. abraços, amigo.

  2. Nunes says:

    Estou desde final de setembro do ano passado tentando fazer uma reforma no meu estabelecimento que necessitava de uma pequena empreiteira, nenhum orçamento do serviço era menor que R$ 6000, como estava tento problemas com pessoas pra fazer isso e achava exorbitante o preço cobrado esperei até o começo do ano, O impressionante é que em janeiro refiz alguns orçamentos e baixaram o preço, consegui chegar a R$ 4000.

    Esses dias estava lendo sobre a Gafisa no exame, link abaixo:
    http://exame.abril.com.br/revista-exame/edicoes/1007/noticias/a-tenda-dos-horrores-da-gafisa

    Com a diminuição das vendas dos imóveis, no momento em que tantos outros prédios estão sendo erguidos pela “demanda”, acredita que os preços iram somente voltar ao valor real que o brasileiro poderá pagar, ou estamos dentro de uma bolha que vai causar um transtorno em 2012?

    • tradingcafe says:

      Oi Leandro, eu acredito que estamos dentro de uma bolha. A demanda tão falada não existe, na minha opinião. Do jeito que eles falam parece que nasceram mais 20 milhões de brasileiros da noite para o dia, e já com 25 anos de idade, procurando uma casa para casar… A população que não tinha imóveis e que era alvo da deficiência de moradias no país, está, majoritariamente dentro de uma classe social que não pode comprar um imóvel de R$ 600 mil… Então, para que tantos lançamentos de imóveis nesta faixa e ainda mais caros do que isso? Tem algum furo nas contas. Eu acredito que os preços estão fora da realidade e deverão cair substancialmente. abs

  3. J.R. Vensan says:

    Ricardo, como sou leigo no assunto, queria que você explicasse um conceito que escreveu aí em cima. Não entendi o comentário que você fez neste post, de que um maior número de imóveis alugados denota uma maturação da população em termos de administração das finanças pessoais. Sempre ouvi dizer que faz todo sentido ter seu próprio imóvel. Especialmente num país onde os preços ainda não são excessivos, como no Brasil. Por exemplo, em Londres ou mesmo em Buenos Aires, a tendência é contrária, com a maioria das pessoas alugando o imóvel onde mora, por causa do altíssimo preço do metro quadrado.
    Não seria uma questão de oportunidade, que varia de praça para praça? Por quê uma gestão de finanças pessoais mais madura incluiria alugar o imóvel onde se mora? Help, my brain is melting!
    Abraço
    JR

    • tradingcafe says:

      Oi JR, você não é leigo, fratello. Vamos lá, se os preços dos imóveis vão para a estratosfera sem fundamentação, indica que é hora de vender. Ao invés de vender e comprar outro, fazemos a aplicação dos recursos recebidos e alugamos outro imóvel para morar, aguardando os preços caírem. Existe váriso brasileiros que já fizeram e outrso estão em vias de fazer, uma boa administração de finanças pessoais. Valeu fratello, quando vamos gravar?
      abs

      • J.R. Vensan says:

        Ahnnnn… Agora, entendi. Isso quer dizer que daqui a pouco estarei assistindo à cotação da minha casa despencar, né. Acho que será uma sensação muito incômoda, especialme te se houver uma retomada de preços dos imóveis no mercado norte-americano…
        Vamos gravar novamente, sim! Quem sabe se seus leitores não podem sugerir assuntos, como da outra vez? Aquilo deu muito certo.
        Abraço
        JR

  4. Cassio Lopez says:

    Ricardo, acredito tambem que estamos diante da virada de precos…. porem nao podemos descartar um pouco mais de lenha nesta fogueira, que com certeza aumentaria o tamanho da tragedia que esta por vim.

  5. Luis Curtolo says:

    É algo complicado, ao meu ver. Por exemplo, estamos procurando imoveis na região do Alto da Boa Vista, Brooklyn, Chacara Santo Antonio e nos arredores, e simplesmente está impossível de fechar algum negócio. Claro, não temos aquele ideal 1.500.000 reais, longe disso mas vemos casas que nenhum cidadão em sã consciência buscando uma nova residencia, nao um novo investimento, e com esse capital para gastar compraria. Casas acabadas, velhas, precisando de reforma, vendendo a preços altissimos.

    Minha própria residencia, de classe media, em santo amaro, é um absurdo pensar que posso conseguir nela aprox 500.000 reais (se comparar aos preços de imoveis proximos). Minha casa tem 2 dormitorios e é geminada de um lado! Uma casa de tamanho medio, 3 dprm, na rua vizinha pede 800.000, o mesmo preço pedido em um bairro muito mais valorizado para um terreno de tamanho e a. construida semelhante. Está uma coisa muito louca e absurda!

    Minha duvida é, se um dia voce puder me respoder ricardo.

    Quando é o momento certo de comprar um novo imovel para morar.
    Um amido da familia disse que vivemos um momento de venda, não de compra.

    Grato.

    • tradingcafe says:

      Bom dia Luis, seu amigo está certo, é um momento de venda. Os valores e os preços dos imóveis estão distorcidos e supervalorizados, fora da realidade. Neste momento, só é bom comprar se você conseguir um bom desconto na negociação. Lembrando que o preço negociado será a base de cálculo para o IPTU e para o ITBI, que serão mais altos também, além da escritura. Se for comprar um apartamento, ainda terá o híper-condomínio… As incorporadoras quando fizeram abertura ou aumneto de capital na bolsa de valores nos últimos anos foram capitalizadas. Elas saíram a busca de terrenos para fazer novos empreendimentos. Assim, qualquer terreno passou a valer muito nesta busca, independente de “onde” ou dsa “condições dos imóveis”. Istro levou todo mundo a acreditar que estava “rico”, e qualquer proprietário, guiado pelos avaliadores, aumentou o preço do seu imóvel. O detalhe essencial que muitos não perceberam e não estãolevando em conta é a “lei de zoneamento”. Isto significa dizer que certos imóveis, terrenos e casas, em zonas residenciais, onde não pode haver comércio ou edifícios, subiram na mesma proporção, sem lastro real no evento econômico que estamos vivendo. E chegamos aonde chegamos, com o dólar cotado a R$ 1,72, os preços dos imóveis no Brasil estão no mesmo preço ou até mais caros que em muitos países da Europa e mesmo dos Estados Unidos. Os bairros mais “chics” aumentaram seus preços para manter o elitismo. E hoje, o seu imóvel valendo R$ 500.000,00 equivale a USD 290,697,67. Coms este dólares, você pode comprar uma casa em Miami, Orlando na Flórida, de quatro quartos com piscina, sem grades nem portões, por apenas USD 130.000. Você pode comprar duas, alugar uma e viver na outra e com USD 30.000 no bolsao mais o aluguel mensal da segunda casa. Os preços aqui parecem estar coerentes? Não, e desta forma, é uma questão de tempo para que os preços se ajustem à realidade brasileira, porque não temos limitação de espaço, como é o caso de Nova York, Paris, Tokyo ou Londres, aqui nós podemos crescre para os lados por alguns séculos ainda… A única exceção são o Rio de Janeiro e Florianópolis…que stão limitadas por questões naturais geográficas. A sensação de riqueza por este motivo é falsa, pois se uma pessoa vende hoje, terá que gastar mais para comprar um outro imóvel, onde foi parar a riqueza? Foi para no sistema financeiro com os juros dos financiamentos e para o nosso governo, nos absurdos impostos que pagamos nas transações.
      Então, concluindo, sim, é um mercado de vendedores porque vamos conseguir comporar mais barato em algum momemto no futuro próximo. Abs

  6. simone says:

    Porto Alegre: vendas de imóveis novos despencaram 27,25% em 2011
    Foram desastrosas as vendas de imóveis novos em Porto Alegre no ano passado. O Sinduscon revelou nesta segunda-feira que em 2011 as vendas despencaram 27,25% (4.133 casas e apartamentos).

    . Os lançamentos também caíram ( -17,54%), chegando a 5.017 unidades.

    . A boa notícia é que em dezembro (sbore novembr0 as vendas de imóveis cresceram 8,69%, mas se comparadas com o mesmo mês do ano anterior, a taxa foi muito baixa. Em dezembro de 2010, as vendas avançaram 19,18%.

    – As vendas de imóveis no ano passado foram prejudicadas por greves brancas na Smov, Smam e secretaria do Planejamento, todas da Prefeitura de Porto Alegre.

  7. simone says:

    50 IMÓVEIS RETOMADOS EM SP POR DIA.
    Aqui está o link para a garimpada do AJW lá em cima.
    Vale a pena ver. Começa a partir de 5:15
    h ttp://tvcultura.cmais.com.br/jornaldacultura/jc20120210bl2
    Vejam o caso do atraso do pagamento no financiamento, será que é isso mesmo? O cara perde o imóvel se atrasar uma parcela? Então é pior do que eu pensava. Não vai ser PLOC vai ser BUMMMMMM.
    Que não falte emprego.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s