BACEN torna a rentabilidade da poupança atraente, lenha na fogueira da já inflada bolha

Ao reduzir ontem o que nem deveria ter subido tanto, a SELIC, demonstra claramente a falta de coerência, ao alterar em todas as reuniões a taxa referência e ontem ainda, ficou claro que eles estão extremamente preocupados com o mercado da construção civil. Ao reduzirem a taxa SELIC eles tornaram a poupança competitiva em termos de retorno. Se está competitiva, mais recursos irão para a poupança e mais recursos serão disponibilizados para o financiamento imobiliário, colocando lenha nesta fogueira, alimentando uma bolha prestes a explodir. A poupança não paga IR os outros instrumentos sim. Denota claramente a preocupação em impedir que a “roda” para de girar. A poupança está errada, não respeita regras de mercado livre para estabelecer suas necessidades de captação, porque está enegessada num decreto real de 1861… Desta forma, as taxas de juros no país terão que ser sempre superiores a 6% + TR porque senão, todo mundo só investirá na poupança e em nenhum outro instrumento de mercado. Tudo errado…!

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , , . Bookmark the permalink.

4 Responses to BACEN torna a rentabilidade da poupança atraente, lenha na fogueira da já inflada bolha

  1. DRN says:

    Ricardo, você acha possível que a diminuição dos juros, descontos nominais e inflação somada à diminuição da oferta poderiam impedir o estouro e murchar a bolha? Ou essa hipótese está totalmente descartada?

    • tradingcafe says:

      Bom dia DR, a idéia do bacen é esta, irrigar o sistema, fornecendo mais recursos para fazer o pulso voltar… choque elétrico… Não, não acredito que irá funcionar pela própria limitação do mercado. Quem queria comprar imóvel para morar usando financiamento já comprou, está fora do baralho. Ficaram os especuladores com mais de um imóvel para vender. Os preços estão mais loucos do que nunca, pior que no ano passado quando eu já achava que a bolha iria estourar… abs

  2. Ricardo

    Gostaria da sua opinião sobre meu ponto de vista:

    Não adianta o governo dar liquidez a um mercado saturado em dividas e inadimplecia crescente. O problema só aumentar. No meu ponto de vista, o que poderia ocorrer é que veremos pessoas aos montes se aproveitando dessa liquidez para pagar outras dividas mais caras ao mesmo tempo que os investidores especuladores que não conseguirem revender seus ativos imobiliarios na entrega das chaves, possam ter um sobrefolego e arcar com o custo do financiamento a juros menores, diminuindo um possivel efeito manada no mercado!

    Não me refiro acima, é claro, aos investitolos que compraram mais de um imovel na planta se ter capacidade de honrar a divida caso algo desse errado, como é o caso atual. Para estes vai ser mais dolorido, pois conseguirão, na melhor das hipoteses, financiamento para apenas 1 doas imoveis, e os outros?

    O que voce desse cenário?

    Obrigado e parabens pelo blog.

    • tradingcafe says:

      Oi Carlos, concordo com você. Existe uma elasticidade natural no mercado. A oferta de crédito tem fundamento em momentos específicos, como o que vimos em 2008 e 2009, quando a SELIC caiu para 8,75% e o mercado foi inundado de crédito. naquela ocasião existia sim uma demanda reprimida para compradores de imóveis (para morar nele). Esta demanda reprimida com abundância de oferta de crédito foi rapidamente absorvida e em seguida, foi aproveitada por pessoas que se autodenominan de investidores. O mercado subiu para patamares não sustentáveis, que uma nova onda de recursos disponibilizados para financiar imóveis não terá jamais o mesmo impacto. Ao mesmo tempo, pudemos observar a performance pífia da bolsa de valores, indicando que muitos investidores de bolsa migraram para os imóveis. Uma clara indicação de bolha. As incorporadoras tiveram resultados péssimos e suas ações acumulam perdas substanciais. Quem está ganhando com isso então? O governo, com seus impostos nas transaç~es imobiliárias e no aumento do IPTU, com os valores venais dos imóveis alterados para cima com força. Como numa ciranda, num sistema de pirâmide, os primeiros ganharam dinheiro. A alta nos preços não foi embasada em aumento real dos ganhos da população como um todo e isso fica demonstrado na demora em estourar a bolha. Basicamente, o que quero dizer é que não foi o povo que causou este aumento desebfreado nos preços, porque esta riqueza aparente na alta do preço do seu imóvel, não se transforma em riqueza real se voc~e mora nele, pois ao vender um apartamento que vale hj R$ 1 milhão, o que você compra em troca? Outro de R$ 1,1 milhão… e paga mais IPTU, mais ITBI, mais corretagem e possivelmente IR (se vc comprar outro em prazo maior que 6 meses). As pessoas da classe média, que compram com esforço o imóvel para morar e financiado, tem lastro financeiro (folga de caixa) para esperar muito tempo para revender seu imóvel? Em geral, não. Se precisa vender, abaixamos o preço. Então, quem está segurando o mercado nos níveis atuais e impedindo que a bolha estoure? (Carlos, vou aproveitar e tornar esta resposta num post) Obrigado, amigo, abs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s