Mais dólares entram do que saem… e o dólar sobe…

os saldos de ingressos de dólares estão positivos neste ano e ainda assim, a cotação da moeda resiste e acata as ordens do governo. A recente informação fornecida pelo secretário do tesouro nacional, que o Brasil irá comprar dólares no mercado para recomprar a dívida externa surtiu efeito, que será apenas momentâneo. Este hábito de “talk the market” é velho e só funciona até o mercado entender que cachorro que late não morde, da mesma forma que aconteceu com a histórica batalha entre George Soros e a velha senhora (bank of England) em setembro de 1992. Os bancos aparentemente viraram a mão e compraram dólares no mercado spot, ao mesmo tempo em que a entrada de moeda superava a de saída. Desta forma, hoje com a cotação que ficou acima de R$ 1,82 na parte da manhã, deve começar a ceder e voltar para próximo do fechamento de ontem. A tendência é que a cotação venha para baixo de de R$ 1,80 em breve.

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

7 Responses to Mais dólares entram do que saem… e o dólar sobe…

  1. RD85 says:

    Grande Ricardo,

    o prof Samy Dana da FGV SP se colocou à disposição para aquele bate bola sobre mercado/bolha imobiliária que havia te sugerido.
    http://blogdosamy.blog.uol.com.br/
    http://navblog.uol.com.br/comment.html?postFileName=2012_03-21_01_36_36-169990269-27&idBlog=3644461

    Grande abraço

    • tradingcafe says:

      Grande Rodrigo! Vamos combinar então, vou fazer meus arranjos aqui e te contato para marcarmos em algum lugar legal, adequado para receber o prof. Dana. Valeu, falamos em breve, Rodrigo, abs

      • RD85 says:

        Ricardo,

        não tenho contato direto com o Samy Dana, mas postei no blog dele sugerindo o encontro e ele se mostrou bastante amigável. De qualquer forma, podemos fazer esse meio de campo inicialmente usando seu blog e o dele e acredito que consigamos fazer algo legal.

        PS: estive no 1o forum value investing rio na quinta-feira e achei muito bom! Sou essencialmente fundamentalista e, dentro das minhas limitações e dificuldades em visitar empresas, carteira com recursos limitados, etc, busco caminhar nessa linha de value investing me aprimorando.

        Um grande abraço,
        Rodrigo

  2. Leonardo Elias says:

    Interessante seu texto. Tenho uma duvida e gostaria de saber sua opiniao. Voce acredita em uma possivel desvalorizacao ou ate mesmo MAXdesvalorizacao do real ?

    • tradingcafe says:

      Oi Leonardo, bom dia. os preços intrenos e externos não permanecem por muito tempo com esta disparidade. Um café produzido no Brasil, exportado para a Itália, moído, torrado, embalado e vendido na França, sai mais barato que um café expresso aqui na praça da República. Tem algo errado com as paridades? sim. O Brasil é produtor de matérias primas e ainda assim tudo é mais caro aqui? Vai ter uma maxi? Não nos termos clássicos que já vimos aqui no Brasil nos anos 80 e 90. Mas sim, teremnos uma desvalorização gradual, através da inflação primeiro e depois das cotações, ao longo do tempo. abs

      • maurizio says:

        Desculpa o Portuguese,
        inflação só vai apreciar o real e´o que esta acontecendo no longo dos anhos. O real tem que desvalorizar sim e bastante, só não sei como. Pode ser um processo gradual no longo dos anhos ou uma maxi se a enorme quantia de dinheiro especulativo que tem no Brasil vai fugir de repente por medo (claramente de uma maxidesvaloricacao). Em outra palavras o medo da desvalorizatório vai produzir ela. As altas reservas so sao paliativas por pequenos movimentos. Agora, tem muito dinheiro flutuante por ai que so procura um lugar com uma boa rentabilidade e mais ainda vai chegar em Q4 (quando os bancos europeus vao comencar a procurar lugares para investir a enchurrada de dinheiro que o BCE distribuiu ) pode ser que a maxi demore bastante.

      • tradingcafe says:

        Olá Maurizio, obrigado pelo comentário, não se preocupe com o portugues e se preferir, pode escrever em italiano… A primeira fase da desvalorzação já ocorre neste momento no Brasil, com uma alta de preços generalizada, fazendo com que o Real perca valor (os produtos sobem em demasia). Este efeito é interno, dentro da economia brasileira. Para o exterior, a taxa de cambio do Brasil está errada sem dúvida, mas ela está refletindo os erros estruturais da economia brasileira em conjunto com os erros de yield curves e taxas de juros internacionais. De fato, uma correção irá ocorrer em algum momento, mas o timing disso é mais difícil de se prever. Eu imagino que o trigger será uma lata dos juros na Europa e nos Estados Unidos. Quando os juros subrirem lé, teremos uma debandada de recursos voltando para casa, aí, veremos uma queda substancial no Real. abs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s