Parece repetição… e é mesmo…

Algumas obviedades… Empresas tem que dar lucro, países precisam crescer para arrecadar mais, impostos devem ser limitados para não matar o paciente, preços devem ser condizentes com a realidade, a inflação deve ser controlada, taxas de juros devem refletir condições de mercado, inadimplência deve ser mantida em níveis aceitáveis para não comprometer a solidez financeira do emprestador, taxas de juros refletem remuneração por risco assumido, as análise de risco devem ser feitas de forma individual, setorial e macro e devem ser conduzidas por quem empresta os recursos… Os mercados estão exibindo uma exuberância eufórica com alguma coisa que não está evidente nem palpável, com bolsas subindo e o dólar recuando… Os escândalos aqui e ali vão aparecendo no mundo e, na era da tecnologia em que vivemos, tudo é normal, aparentemente, as coisas não nos assustam nem nos surpreendem pois já não distinguimos se vimos isso num filme ou nos jornais. Em efeito, para resumir esse meu discurso philo-econômico (…) os mercados não mudaram do semestre passado para cá, e vamos passar dois dias nesta euforia e tudo volta a cair de novo, pois nenhuma medida real foi tomada para acertarmos o rumo da economia global. Bandaids não devem ser usados em fraturas expostas….

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s