E os olhos se voltam para a economia americana…

Ao passar do tempo, enfim, retornamos para o ponto crucial da questão desta crise que nos assola desde 2008. Assim como o governo brasileiro faz, cortinas de fumaça e técnicas de desvio de atenção, técnicas de degradê, os mestres deste assunto e técnica que conseguiram jogar toda a atenção do mundo para a Europa (não que não houvessem problemas por lá também…), os americanos voltaram à pauta nestes dias. Ben Bernanke falou e como de costume, não disse nada de útil. A economia daquele país está em frangalhos e tudo isto não é apenas um fenômeno financeiro, mas sim cultural. E, todos os países que copiaram o modelo americano de sublimar o dinheiro à todo custo, os sistemas de remuneração variável, os sistemas de atuação de bancos de investimentos, o crescimento perpétuo do consumo baseado em crédito, o distanciamento da pessoa e do relacionamento pessoal entre indivíduos e instituições, do banking tradicional, da era dos call-centers, estão no mesmo impasse econômico. O modelo está sendo mudado à força, mas com relutância e malemolência de gatos gordos. A economia americana é o foco principal da crise atual e ainda nem estamos perto de ver um fim para isto tudo, iremos passar 2012, 2013… mas que a virada vai acontecer, ah, isso vai. Aqui no país das cidades maravilhosas, o PIB não é mais relevante… mas ele ainda está caindo e teremos um resultado para o ano bem inferior ao que se projeta. A atividade econômica está reduzida e ainda em passo de redução maior, isto vai afetar o emprego, vai afetar o consumo… O concurso de empreguetes daquele canal de televisão tem viés de criação de empregos com carteira assinada, que irá distorcer os números… O feirão do Serasa da semana que vem visa trazer para negociação nada mais nada menos que 2,5 milhões de Paulistas que estão com o nome na lista de devedores daquela instituição… Imaginem o resto dos inadimplentes que ainda não estão com o nome sujo… É grave e preocupante.

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

4 Responses to E os olhos se voltam para a economia americana…

  1. Parabéns, Ricardo. Finalmente, os olhos do mundo se abriram ao que tanto vens dizendo em seus posts, comentários e discursos.

    E, pelo andar da carruagem, não estamos (Brasil) muito longe do colapso também.

    Viva as empreguetes!! Elas salvarão o governo da Lady in Red (sic).

    Abraços de Joinville.

  2. Júlio Sampaio says:

    Parabéns Ricardo. E tudo isso pq não a uma regulamentação do sistema financeiro, fico
    imaginando daqui uns 30 anos quando ouver uma crise energética, sim pq do jeito que esta esse consumo desenfreado, onde tudo é descartável e quase nada é reciclável, 30 anos é até otimismo da minha parte. Crescer infinitamente num planeta onde os recursos naturais são limitados é praticamente impossível.

    • tradingcafe says:

      Oi Júlio, obrigado amigo, vc tem razão, as coisas nesse campo são difíceis de mudar. A regulamentação financeira é uma urgência, mas os bancos tem muito poder junto aos legisladores. abs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s