Do outro lado do Atlântico, na cidade luz, Paris é linda

Ontem no rugby do metro de São Paulo, hoje na terra do croissant, de Rousseau, de Descartes, de Ricardo Torres… Sem pretensão… É, Paris é minha e é linda demais, Com toda a parafernália dos eventos econômicos que assolam o mundo, Paris pulsa, nem se nota que existe um problema no mundo.. Aliás, existe? Na minha ansiedade perene, eu sempre tentei aprender com os franceses como apenas se sentar num café, olhar para a rua, apreciar o tempo e a passagem das pessoas que caminham com ou sem pressa, de turistas a malucos, de ingleses falando alto a chineses com seus mapas, japoneses com suas câmeras fotográficas andando organizadamente, brasileiros com suas cabeças girando para capturar tudo, alegres, consumindo o nâo-consumo, a beleza da arquitetura, do urbanismo futurista de Haussmann de sua época, de carros que não poluem e não fazem barulho, de bicicletas de aluguel, de museus a cada 100 metros, do croissant e do romance que exala de cada pequena rua, um bistrot simpático, lojas e perfumarias, as boulangeries, e o odor infinitamente maravilhoso de pão fresco. Nunca consegui. Continuo tentando. Me lembro da língua, da francesa, da nossa língua portuguesa, que de tão linda antes de se chamar português se cahamava Romance… Venho para cá para me lembrar de quem sou, para continuar a luta, perene, sem fim, de tentar participar da melhora e da evolução de nosso país. Por que aqui? Porque a vantagem comparativa da França (no sentido de Adam Smith) é o investimento em educação de qualidade e gratuito, livre para todos desde Napoleão. Isto tornou este país o divisor de águas entre a idade média e o maravilhoso mundo novo que poderíamos ter, o da cultura, da arte, que impulsionou o mundo para o futuro, através da inteligência, da filosofia, da Liberté, Égalite et Fraternité. sem patentes, sem consumo desnecessário. Quanto mais aprendemos, mais percebemos a importância do outro, cada coisa boa que faço, retorna para o todo, e sou beneficiado porque retorna também para mim. Como na teoria dos jogos, a melhor solução, onde todos ganham, é a cooperação. A França. a duras penas e com muito trabalho de filosofia, do intelecto e de sangue, chegou a esta conclusão; direitos e deveres, para todos os cidadãos. Um grande abraço a todos. Em breve, volto a falar de economia… Estar em Paris é voltar para casa. Vive la France!

This entry was posted in Mundo estranho and tagged . Bookmark the permalink.

4 Responses to Do outro lado do Atlântico, na cidade luz, Paris é linda

  1. waine18 says:

    Ricardo,
    Mudando um pouco de assunto, quem “inventou” ou disse que se o PMI de algum pais estiver menor que 50 pontos o pais se encontra em uma recessão industrial?
    De onde essa base dos 50 surgiu?
    Obrigado
    Abs

    • tradingcafe says:

      Bom dia Wayne, a base de 50 para o Purchasing Managers Index é fixada neste ponto pela metodologia de criação do indice. Aplicamos valores às respostas e pesos para cada uma delas, de 0 a 1, com cinco alternativas de respostas, sendo 0, 0,25, 0,50, 0,75 e 1,00. Assim, o indicador terá a base de 50 para neutro, negativo abaixo de 50 e positivo acima de 50. Voilà! Abs

  2. Eduardo says:

    Grande Ricardo! Quem viaja, abre seus horizontes e muda seus conceitos, “vê” o que outros não “enxergam”. Assim aconteceu comigo também; e a grande diferença que se sente logo na chegada ao país é a falta de educação de base do povo brasileiro. Como o caso da França e outros países, dizer um bom dia, um obrigado, prestar uma informação precisa e por aí vai, são ações cotidianas normais que acontecem, daí então as ” vantagens comparativas” destes países. Ótimo comentário!! Um grande abraço!!

    • tradingcafe says:

      Grande amigo, obrigado, é verdade. Um dia, quem sabe, teremos essa verdade para nós aqui também. No Brasil, existem lugares onde podemos dizer que estamos mais próximos disso, mas ainda estamos longe. Um grande abraço.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s