Bancos reabrem no Chipre e bolsa permanece fechada

Os bancos reabriram esta manhã no Chipre após 12 dias fechados. A bolsa permanecerá fechada por mais uma semana. Para que não ocorressem maiores problemas para a abertura, o BCE enviou um carregamento de 5 bilhões de euros em dinheiro ao país, desta forma, as demandas por saques em contante foram atendidas de imediato. Um forte esquema policial foi implantado para a reabertura dos bancos, que ocorreu sem incidentes.
Os mercados, atentos ao desenrolar desta situação no Chipre, abriram esta manhã em alta, principalmente puxados pelas ações dos bancos europeus, que sofreram muito na últimas semanas e investidores aproveitaram (diante do feriado) para zerar posições vendidas.
Na Alemanha, um indicador de desemprego mostrou uma redução para 6,9% o nível e surpreendeu positivamente o mercado.
Último pregão de março hoje, páscoa e feriados no mundo todo. Mercados em alta para profit taking de posições vendidas, pode ocorrer aqui no Brasil também, porém tendência de baixa permanece inalterada.

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

3 Responses to Bancos reabrem no Chipre e bolsa permanece fechada

  1. Tulio says:

    Ricardo, seu follow-up da situação está legal de acompanhar, parabéns.

  2. A. Schumann says:

    Ricardo, pela semelhança de economia , baixa produção interna e alta alavancagem financeira por capital estrangeiro, Luxemburgo pode ser a próxima bola da vez ou deve ser poupado devido: (i) a não estar tão exposto a títulos gregos como o Chipre, (ii) à alavancagem ser muito maior que do Chipre e, portanto, o estrago ser muito maior e (iii) a grande parte do capital investido ser europeu, diferente do capital russo no Chipre ?

    • tradingcafe says:

      Bom dia sr. A. Schumann, sim, poderá ser sim, com algumas diferenças fundamentais de estrutura econômica e adequação de legislação. a Economia de Luxemburgo é baseada sobretudo em serviços financeiros, mas serviços na indústria de administração de fundos, está adequado às leis da EU, tem o dobro do tamanho da economia do Chipre com um terço da população, exporta 10 vezes mais produtos manufaturados que o Chipre e também apresenta um déficit de balança comercial, ainda que inferior ao do Chipre. Os Bancos não pagam spreads de risco na captação e o perfil de investidores e a origem dos recursos é diferente daqueles vistos no Chipre, respeitando as leis internacionais de Know your client (KYC) e anti money-laundering européias. Acho possível que o mercado tente orquestrar uma alternativa de forçar a deterioração de preços e desconfiança em Luxemburgo, mas não acho que acontecerá agora, pois a dívida do país é controlada e o sistema bancário está mais saudável pois eles já vem sofrendo junto com a indústria financeira desde 2008 e são mais ágeis em antecipar eventuais problemas do que os cipriotas foram. Sobretudo porque existe alavancagem financeira elevada mas os ativos não foram alocados nem para títulos soberanos gregos (como é o caso do Chipre) nem em empréstimos hipotecários (como na Espanha). Obrigado, abs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s