Mantega versus competência e coerência

Tem alguma correlação? Beta negativo na comparação… O Bacen no meio do fogo cruzado, e vai sobrar para os juros, que terão que subir… A inflação voou e vai mais… bolsa… tentando atrair alguém, com a alta do câmbio, estamos em equivalência em moeda forte aos 45 mil pontos ainda.
Preços de imóveis no Brasil, em dólar? uma queda acentuada…

This entry was posted in Mundo estranho and tagged , , , . Bookmark the permalink.

5 Responses to Mantega versus competência e coerência

  1. Luiz says:

    E a bolha imobiliaria?

    Diversos indicadores apontando ajuste forte já ocorrendo este ano. O IFIX caiu coisa de 15% em 6 meses, o setor noroeste de Brasília é a coisa mais óbvia do mundo, em outros bairros e cidades tbm é possível apontar a sobreoferta afetando o preço e/ou liquidez.

    Ao meu ver o ajuste vem ocorrendo de lugar em lugar aos poucos, pela falta de liquidez, sobreoferta e descontos, mas a manada ainda não estourou em panico. Será que vai?

  2. J.R. Vensan says:

    O mercado imobiliário na Granja Viana, onde moro, está muito estranho… Há uma oferta excessiva de escritórios, não sei de onde vai vir tanta gente para ocupá-los, nem nos próximos 20 anos. E também de casas de “alto padrão” (escrevo entre aspas porque nem sempre o acabamento é bom), tem muitas e muitas casas encalhadas. Só na minha rua, que tem 500 metros de extensão e 50% dos terrenos desocupados, são 8.

    No entanto, uma construtora do interior (que tem um outro empreendimento, de escritórios, encalhado nas redondezas) lançou um prédio com 149 apartamentos de 30 metros quadrados (isso mesmo, 30!) em plena Avenida São Camilo e vendeu tudo em uma semana.

    Não dá pra entender mais nada.

    Abraços, e boa sorte,

    JR

    • Luiz says:

      JR
      Eu diria que o que vc vê é o efeito da especulação
      Morador de verdade? nada!.
      Especulador muda de direção com o vento, e os ventos estão mudando de direção, ou não?

      • J.R. says:

        Ainda mais que agora estamos todos sofrendo com os efeitos perversos de vir para a Granja para “morar no verde”. O cidadão mora no verde, sim, mas enfrenta 4 horas de cinza na Raposo Tavares todos os dias para trabalhar em SP.

        Tem muita gente reclamando da Raposo Tavares, já faz um tempo. Talvez o pessoal que esteja construindo escritórios pense que este problema todo vai fazer muita gente decidir ficar pelas redondezas.

        Se for esse o caso, é a típica atitude de torcer para o circo pegar fogo e lucrar com isso, né.

  3. juliano wagner says:

    aqui em Curitiba esta um tal de desconversar, mudar de assunto, e se iludir. vários empreendimentos vazios e prontos. tbm vários com todos vendidos. mas é nítido que o foram vendidos na planta. E agora? não há, praticamente compradores. muito troca-troca. É o fôlego de cada um que está segurando… mas há quem já CEDA nos valores. as informações são quentes dos escritórios de cobrança..

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s