É isso… dólar, FED, QE3, Bolsa em queda, copa e manifestação pública


Pratos cheios para conversas… Manifestação e passeatas no Brasil, uma palavra: demorou! Só precisa organizar o discurso, motivos para protestar temos de sobra. Estou feliz em ver essa movimentação de todas as idades de brasileiros; hora de mudar o Brasil!
O Fed falou e não disse, mas deixou claro, está pesando continuar com a injeção de capital no mercado. Dólar migra de volta para casa e indica que juros irão subir. Realocação de carteiras em escala global, bolsas caem e a nossa cai mais. Tem ações baratas? sim, tem, mas não é hora de comprar ainda. Dólar sobe e vai ajustar os erros de preços no Brasil, trazendo inflação e aumento de taxas de juros por aqui.
Copa das confederações… Estádios bilionários e infraestrutura zero, de logísitica, de transporte, isso é Brasil. O time ganhou do México hoje mas está sem forma, ainda com valores individuais fazendo a diferença e jogando sozinhos, não é um time ainda…
Mais ou menos como o resto do país…
Quando começarmos a jogar juntos como uma nação por aqui… ninguém segura!

Advertisements
Posted in Mundo estranho | Tagged , , , , , | 3 Comments

E cai o IOF nas operações de derivativos… Economia respira com ajuda aparelhos


o ministro Mantega anunciou o fim da cobrança do IOF sobre as posições vendidas de dólar, nos derivativos (futuros), ontem a noite em entrevista coletiva. A impressão que deu é que ele havia esquecido deste pequeno Frankenstein ( o F do IOF…). Está feito mas isso não indica que tudo esta bem, pois ele só age com atraso e sempre com a mesma solução IOF costumeira.
Enfim, o mercado está muito pesado pois nada de fato foi feito desde 2008 para solucionar a crise, além dos bancos centrais sutentarem o sistema financeiro com injeção de caixa. Apenas um fio sustenta os mercados que adotaram como solução (internacional) uma injeção gigantesca de liquidez pelos bancos centrais, aumento de base monetária (impressão e dívida) com juros baixíssimos e inflação alta, aumento de impostos e perda de poder de compra da população mundial.
Ontem o Banco Mundial revisou para baixo sua projeção para o crescimento global, de 2,4% para 2,2%.
A economia mundial está respirando com auxílio de aparelhos e estão para desligá-los… Nãa funciona para sempre esta medida e em algum momento, se a economia não reage rápido, estes aparelhos perdem sua função e acabam por virar o problema em si. É o que está acontecendo hoje, o FED sinalizou que vai reduzir esta injeção de liquidez, o Japão que imitou explicitamente esta medida do FED, teve um pregão de caos, com o índice Nikkei caindo 6,35%.
Bolsas na Europa já abrem em queda e teremos mais um dia de tensões nos mercados, com o Bovespa em linha com o resto do mundo.

Posted in Mundo estranho | Tagged , , , | 1 Comment

Rumo sul… bolsas para baixo e spreads para cima, mercados tensos


Não bastasse a já tensa época em que vivemos nos mercados financeiros globais, esta manhã o presidente da corte constitucional alemã Andreas Vosskuhle declarou que, o juízo de constitucionalidade sobre o escudo anti-spread do Banco Central Europeu prescindirá da eficácia que este já teve, no contexto de acalmar as tensões das dívidas soberanas.
Estas palavras pesaram fortemente nos mercados diante da decisão que a corte tomará em relação a decisão que a corte tomará num recurso contra o programa OMT.
A medida foi decisiva em reduzir as tensões sobre os mercados nos últimos meses mas foi duramente contrariada pelo Bundesbank, o poderoso banco central alemão, convencida que a BCE violou o próprio mandato.
Formalmente a corte alemã não tem poderes de bloquear uma medida da BCE mas é evidente que tem um peso político muito grande. (Il Sole 24 Ore)
E os mercados reagiram mal, naturalmente, dentro de uma situação já frágil. Títulos soberanos abrindo spread, bolsa em queda livre na Europa.
Para nós aqui no Brasil, mais um dia de índices no vermelho, por nossos próprio problemas, pelas agências de classificação de risco que ainda tem adeptos que as ouvem, pelos erros constantes de nossa equipe econômica e do Banco Central, a economia que não cresce e a total incapacidade de gestão econômica do nosso ministro da fazenda.
Inflação em alta, dólar em alta.

Posted in Mundo estranho | Tagged , , , , | Leave a comment

E o Fed tira o pé… acabou o gás e a normalidade começa a retornar ao mercado


Com a indicação de que o Federal Reserve Bank dos Estados unidos vai reduzir o processo de intervençaõ no mercado com a compra de títulos dentro do programa de Quantitative Easing (3), a enxurrada de dólares no mercado se reduz. Valoriza o dólar inicialmente e traz os juros para patamares mais altos.
Isto causa um enorme desequilíbrio nos mercados mas o traz para a rota de estabilização no longo prazo. A inflação alta por toda parte, os juros baixos, deixava os investidores e não investidores com uma deficiência crescente de poder de compra.
Com esta medida, os mercados vão ser muito turbulentos por um bom período, causando ajustes de preços e uma migração para a moeda americana. Os juros terão que subir muito nos Estados Unidos ainda.
Por aqui, na Terra Brasilis, com um ministro da fazenda que só sabe pensar em IOF… Vamos ter mudanças também… Juros subindo e ele deve estar tendo pesadelos com o IOF no capital estrangeiro. Vai ter que cortar o IOF, senão… Dólar vai voar para 2,30 reais e vai continuar subindo. E isto significa mais inflação e mais necessidade de subir a SELIC.
Ele colocou IOF no capital estrangeiro e afeta os derivativos, nas margens colaterais dos estrangeiros depositadas na BM&FBovespa e fez com que o mercado aqui não apresentasse hedge adequado, forçando os estrangeiros para operarem em NY. Ele vai ter que tirar estes IOF’s para estabilizar o mercado, e ainda, aumentar mais a SELIC para evitar a fuga de capitais e a inflação atrelada a isso.
Não adianta criar mecanismos chulos para corrigir erros estruturais no Brasil, permitir que um mercado livre seja livre de fato, sem inserções de intervenção frankensteniana. O Brasil está parado graças a estas intervenções governamentais equivocadas.
Os juros subindo nos Estados Unidos é o catalizador e os mercados vão ficar bem feios esta semana.

Posted in Mundo estranho | Tagged , , , , | 8 Comments

Nada novo… estamos no meio de maio…


Bolsas não decolam, patinam ao redor do mesmo número de pontos. O dinheiro continua rondando em grandes poças de liquidez mas a incerteza permanece. Os governos todos na mesma toada de manter juros ridiculamente baixos e a inflação subindo, fazendo a população pagar com perda de poder aquisitivo pelos erros e ausência de soluções verdadeiras.
A França está ingressando em sua segunda recessão em apenas quatro anos. A Bovespa gira entre 54 e 56k pontos, sem rumo, sem graça sem a grana das pessoas físicas… e dos estrangeiros…
Mercados andando de lado, o Real controlado e mantido no mesmo lugar, dando a impressaõ de estar em estado de coma, um flatliner nas telas e nos gráficos…
Nada de novo a relatar por enquanto.

Posted in Mundo estranho | Tagged , , | 2 Comments

BCE corta juros, euro cai, bolsas caem, ouro se estabiliza


Após 10 meses sem mexer nas taxas referenciais de juros para a zona do Euro, o Banco Central Europeu reduziu em 0,25%, para 0,50% a taxa de juros de curto prazo. Os mercados, que já esperavam com relativa previsibilidade esta queda, reagiram vendendo o euro e os índices bursáteis da região. Ainda preocupante, os dados do PMI da China ontem acenderam novamente o sinal de alerta, causando impacto nas expectativas de crecsimento do PIB chinês e global para o período.
As bolsas abriram em queda, e, no Brasil, a queda está acentuada e liderada pelas empresas com X.
O ouro, que teve um mês peculiar em abril ao redor do Globo, se recupera nos mercados financeiros (dado que no mercado físico continua com forte demanda) e deverá ser ter uma boa performance de retornos neste mês de maio para frente.

Posted in Mundo estranho | Tagged , , , , , | 1 Comment

Bem rápido e no alvo… OGX3


As negociações de uma empresa comprando outra são conduzidas em sigilo. As empresas envolvidas em Mergers & Acquisitions assinam um NDA, ou um acordo de Confidencialidade e, desta maneira, não podem divulgar detalhes das tratativas, dos preços, do percentuais envolvidos ou os nomes das empresas participantes na potencial negociação… Desta forma, rumores que são “notícias” são duvidosos e passíveis de quebra deste NDA, porque automaticamente muda os preços do alvo da negociação ou para baixo ou para cima, como foi o caso estes últimos dias. Encarecem para o comprador que já, no rumor, teve dois nomes de potenciais compradores e inclusive os stakes que eles estariam comprando revelados… Infundado e no mínimo estranho, de onde veio o rumor mesmo? Não acredito que irá se materializar, assim sendo, ações devem devolver os ganhos dos últimos dois dias e continuar a descer.

Posted in Mundo estranho | Tagged , , | 2 Comments

Ouro futuro despenca ouro físico sobe… a corrida do ouro e da prata


O próximo passo da crise: Da Austrália ao Japão, do Japão à Europa e da Europa ao Canadá, descendo pelos Estados Unidos a tônica é uma só, se desfaça do ouro nos mercados futuros e fundos e correm para o ouro e a prata físicos. Na última semana vimos o preço do ouro despencar dando a impressão que ninguém quer mais o metal… Ao contrário, mega posições de ouro futuro foram desfeitas e mega posições de ouro e prata físicos estão sendo montadas causando filas de 3 horas no Japão, espera de 5 a 6 semanas para entrega das barras e moedas na maioria dos mercados de Bullion do planeta, quando a entrega normal é de 24 horas. Na prata e no ouro físico estamos em alguns lugares com mais de 20% de ágio sobre o preço spot, causando na realidade um evento conhecido como backwardation, onde o preço do spot é maior que o preço do futuro.
Mais um passo desta crise sem precedentes que estamos vivendo, causada por falta de regulamentação dos mercados financeiros, especulação, má administração dos governos, impressão de dinheiro sem lastro em larga escala, falta de solucionamento adequado para a crise de 2008, excesso de consumo a crédito (dinheiro alheio), alta alavancagem do sistema financeiro internacional.
Resultado: perda de credibilidade nas autoridades monetárias e em suas moedas e única saída para a manutenção do valor é a compra física de metais preciosos para estocar em casa.
Diamantes não tem a mesma liquidez e tem precificação variada de acordo com sua lapidação, tornando mais difícil para tornar líquido com preço adequado.
Tem uma enorme nuvem escura se formando, cuidado com posições de risco e operações sem liquidez.

Posted in Mundo estranho | Tagged , , , | 6 Comments

Demorou mas chegaram ao coração do Euro


Estou em Luanda esta semana e com acesso limitado à internet,,, Para quem acompanha o meu blog há algum tempo deverá se lembrar dos meus comentários e leituras desta crise financeira que estamos vivendo, sobretudo de como o plano aconteceria para desestabilizar o Euro. Começando pela beirada, pelos países com economias mais suscetíveis e dependentes de crédito, frágeis em sua constituição para depois irem migrando para o centro. Bem orquestrado, os eventos vão se desenrolando com comentários e reduções de ratings conduzidos pelas agências americanas. Muito bem, esta manhã a Alemanha está em pauta, depois de já terem completado as fases na Espanha, na Itália e na França. Além da Alemanha, o coração e o pulmão do Euro, esta manhã o Financial Times de Londres publicou um artigo sobre a a explosão da dívidainterna da China… Essa eu não vi chegando mas está em linha com o projeto de falar mal dos outros para esquecerem dos nossos problemas,
Enfim, o jogo se desenrola neste tabuleiro global que apreseneta uma mudança de eixo do poder econômico, saindo dos países outrora ricos e migrando para as potências emergenetes, notamenyte da China, da China e dos países do BRICS e dos países do sudeste asiático.
Os mercados estão nervosos e o quadro continua nebuloso e devem continuar a cair, com grande volatilidade até caírem de vez. Muita atençãp aos investimentos.

Posted in Mundo estranho | Tagged , , , | Leave a comment

Chipre pede mais dinheiro do que previsto… números nos EUA pesam…


O Chipre volta à pauta esta manhã na Europa. O país elevou sua demandapor cash de EUR 17,8 bi para EUR 23 bi. A União Européia negou o pedido e respondeu que irá manter o valor original. Que, entre nós, não vai resolver nada, dado que a necessidade já é maior hoje e tanto a credibilidade quanto a economia do país estão fortemente abaladas.

Os números anunaciados esta manhãm na abertura dos mercados, de Vendas no Varejo e Sentimento do consumidor caem e pesam nas decisões dos investidores. As quedas estão sendo lideradas pelo setor financeiro.

Para nós aqui no Brasil, bolsas em quedamais uma vez, continuando a patinar numa rampa de gelo fino, ao redor dos 55 mil pontos. Dólar mantendop sua trajetória de queda já antecipando o prêmio maior que virá com o aumento do juros da SELIC, que já está sendo precificado na curva de juros no mercado há algum tempo.

Posted in Mundo estranho | Tagged , , , | Leave a comment